Super banner
Super banner

Prefeitura implanta serviço de inspeção para produtos de origem animal

Prefeitura implanta serviço de inspeção para produtos de origem animal

SIM permitirá a reabertura do frigorífico municipal, prevista para o início do 2º semestre, e permitirá a emissão de certificado de qualidade para empresas e empreendedores.

Agilizar a inspeção e valorizar produtos de origem animal produzidos em Araxá são alguns benefícios possibilitados com a implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). A Prefeitura de Araxá iniciou o processo de formação de uma equipe para atuar no controle da qualidade de carne, queijo, ovo, mel, doces, entre outros produtos fabricados no município. O objetivo é monitorar e inspecionar a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização, certificando com selo de garantia todos estes produtos.

O serviço ainda emite certificado de qualidade para empresas e empreendedores que se adequarem às exigências sanitárias vigentes em legislação específica, e que também têm qualidade e higiene no processo de produção. Durante uma inspeção são vistoriados a estrutura física do estabelecimento, os equipamentos e as atitudes relacionadas às boas práticas de fabricação como higienização, procedimentos, uniformes, entre outros. O proprietário também é orientado pelos fiscais a realizar as adequações exigidas por lei.

O secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Alexandre Carneiro, exalta a atenção do prefeito Aracely de Paula com os produtores rurais e empresas alimentícias de Araxá. O secretário explica que o selo garante a comercialização em âmbito municipal e valoriza ainda mais os alimentos, quando em conjunto com o selo do Serviço De Inspeção Federal (SIF) – determinado pelo Ministério da Agricultura.

“Esse novo selo vai agregar muito valor para nosso município e para os produtos araxaenses. Teremos condição de fazer adequações devidas que expressamente são necessárias por lei. Temos dois médicos veterinários e um fiscal para a inspeção que será feita na propriedade do ruralista, assim saberemos a qualidade da água utilizada, a vacinação de todos os animais e a estrutura de higiene do local”, destaca o secretário.

A criação do SIM é primordial para a reabertura do frigorífico municipal, prevista par o início do segundo semestre. A obra encontra-se em 95% concluída, aguardando apenas adequações de documentos exigidas pelo SIF. Além disso, o selo municipal atenderá reivindicações de empresários do setor alimentício.

“A previsão de abertura do frigorífico é para o começo de julho, pois estávamos apenas esperando esse decreto feito pelo prefeito e agora temos algumas semanas para as adequações de documentos. O frigorífico vai ser inspecionado por um médico veterinário responsável, e todo o abate passará pelo SIM. Tendo o SIM no município, podemos fazer o pedido do selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que é um pedido de empresários. Isso permitirá a venda em todo território nacional, não precisando de exportação”, acrescenta o secretário.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x