Professores trabalham consumo consciente em sala de aula

Professores trabalham consumo consciente em sala de aula

Educar as crianças para serem multiplicadoras de bons exemplos. Esse é o objetivo do Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), que certificou e forneceu material de apoio a educadores de cinco escolas integrantes, quatro delas municipais, do Programa “Procon Mirim: Formando Consumidores Conscientes”.

Trinta e um professores participam desse projeto pioneiro que faz parte das comemorações de 25 anos de criação do Procon Araxá, com objetivo de prepará-los para direitos e deveres dos consumidores e fornecedores, além de contribuir para o exercício e cidadania. As atividades serão desenvolvidos para alunos de 7 a 12 anos.

As escolas municipais participantes são: Professor Nelson Gomes, de Aplicação Lélia Guimarães, Professora Leonilda Montandon (Caic), Professora Romália Porfírio de Azevedo Leite, além do Oratório Nossa Senhora Auxiliadora.

A professora Ester Silveira, da Escola de Aplicação, destaca que o Procon Mirim valoriza e conscientiza sobre direitos e deveres a todos os envolvidos. “Observamos que várias pessoas desconhecem essas questões. Precisamos saber mais para conscientizar os alunos”, relata.

Para a professora Sueli de Fátima Machado, da Escola Romália Porfírio de Azevedo Leite, o projeto é muito valioso. “O conteúdo repassado nesse curso é enriquecedor para alunos e professores. Vamos passar tudo que aprendemos para as crianças”, acrescenta.

Belma Nolli, secretária-executiva do Procon Araxá, reitera que o programa é desenvolvido pelo Procon Estadual e Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) desde 2005, e incentiva a educação para o consumo. “Todos os participantes acharam extremamente importante a forma mais lúdica e criativa de passar o direito do consumidor às crianças, que serão multiplicadoras de boas ações”, conclui.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *