Super banner
Super banner
Super banner
Super banner
Super banner

Professores trabalham consumo consciente em sala de aula

Professores trabalham consumo consciente em sala de aula

Educar as crianças para serem multiplicadoras de bons exemplos. Esse é o objetivo do Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), que certificou e forneceu material de apoio a educadores de cinco escolas integrantes, quatro delas municipais, do Programa “Procon Mirim: Formando Consumidores Conscientes”.

Trinta e um professores participam desse projeto pioneiro que faz parte das comemorações de 25 anos de criação do Procon Araxá, com objetivo de prepará-los para direitos e deveres dos consumidores e fornecedores, além de contribuir para o exercício e cidadania. As atividades serão desenvolvidos para alunos de 7 a 12 anos.

As escolas municipais participantes são: Professor Nelson Gomes, de Aplicação Lélia Guimarães, Professora Leonilda Montandon (Caic), Professora Romália Porfírio de Azevedo Leite, além do Oratório Nossa Senhora Auxiliadora.

A professora Ester Silveira, da Escola de Aplicação, destaca que o Procon Mirim valoriza e conscientiza sobre direitos e deveres a todos os envolvidos. “Observamos que várias pessoas desconhecem essas questões. Precisamos saber mais para conscientizar os alunos”, relata.

Para a professora Sueli de Fátima Machado, da Escola Romália Porfírio de Azevedo Leite, o projeto é muito valioso. “O conteúdo repassado nesse curso é enriquecedor para alunos e professores. Vamos passar tudo que aprendemos para as crianças”, acrescenta.

Belma Nolli, secretária-executiva do Procon Araxá, reitera que o programa é desenvolvido pelo Procon Estadual e Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) desde 2005, e incentiva a educação para o consumo. “Todos os participantes acharam extremamente importante a forma mais lúdica e criativa de passar o direito do consumidor às crianças, que serão multiplicadoras de boas ações”, conclui.

Notícias relacionadas