Super banner

Projeto Anjos da Guarda busca interessados em apadrinhar acolhidos da Fundação da Criança e Adolescente de Araxá

Projeto Anjos da Guarda busca interessados em apadrinhar acolhidos da Fundação da Criança e Adolescente de Araxá

Promover experiências sociais, proporcionar memórias afetivas e extremamente necessárias para crianças e adolescentes acolhidos. Este é o principal objetivo do projeto Anjos da Guarda, da Fundação da Criança e do Adolescente de Araxá (FCAA).

O apadrinhamento visa organizar a participação da sociedade em ações que promovam o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes que se encontram em medida protetiva. Por meio desta ação, essa faixa etária passa a ter acesso a experiências que podem mudar suas perspectivas de vida através da participação voluntária de cada cidadão, o que faz toda a diferença.

O projeto de apadrinhamento pode ser realizado em quatro modalidades: Padrinho Afetivo, Padrinho Prestador de Serviços, Padrinho Provedor e Padrinho Parceiro.

O Padrinho Afetivo é aquele que dá afeto, que visita a criança ou adolescente regularmente o levando para uma convivência familiar fora do acolhimento institucional e, assim, se tornando uma referência na vida desta criança ou adolescente.

Já o Padrinho Prestador de Serviços é uma pessoa ou empresa que ajuda os acolhidos por meio de ações de Responsabilidade Social.

O Padrinho Provedor é aquele que dá suporte material ou financeiro. 

E o Padrinho Parceiro é aquele que oferece suporte nos eventos realizados pela FCAA como aniversários, Semana da Criança, festividades do Natal, entre outros.

De acordo com a presidente da FCAA, Taciana Almeida, apadrinhar é oferecer um universo novo de possibilidades, é a oportunidade de doar afeto, tempo e recursos, trazendo a sociedade para contribuir com o futuro das nossas crianças e adolescentes.

“O apadrinhamento para as crianças e adolescentes acolhidos é a nutrição do sentimento de pertencimento na sociedade, e de que há alguém que importa e sabe que elas existem. Que cada vez mais pessoas saibam que podem transformar a vida de crianças e adolescentes afastadas de suas famílias, por medida de proteção. Afinal, ninguém cresce sozinho”, ressalta.

Informações sobre o projeto Anjos da Guarda

O interessado em apadrinhar uma criança ou adolescente deve solicitar o formulário para o e-mail ( [email protected] ), e encaminhá-lo preenchido, de acordo com os critérios estabelecidos.

Há também uma equipe disponível na sede da FCAA, localizada na rua da Bomba, nº 100, bairro Santa Terezinha, para auxiliar quem prefira preencher o cadastro pessoalmente.

Mais informações, pelo telefone: (34) 3691-7192 / Ramal: 21

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *