Super banner
Super banner

Projeto realiza reflorestamento para recuperação de recursos hídricos em Araxá

Projeto realiza reflorestamento para recuperação de recursos hídricos em Araxá

Diante da escassez de recursos hídricos cada vez mais intensa, principalmente na época de seca, a Prefeitura de Araxá lançou o projeto de reflorestamento que visa a preservação de nascentes e olhos d’água da cidade.

Na quarta-feira (27), alunos do 2º ano da Escola Municipal Professor Nelson Gomes fizeram o plantio de cerca de 30 mudas de árvores frutíferas e nativas.  As árvores foram plantadas em uma das margens de um espelho d’água que fica próximo a uma nascente na Área de Preservação Permanente (APP) do bairro Veredas da Cidade, no Setor Leste.

Além da Secretaria Municipal de Educação, o projeto envolve também o Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá (IPDSA) e a Casa do Pequeno Jardineiro da Secretaria Municipal de Ação Social, que fez o estudo das árvores nativas e forneceu as mudas.

A secretária municipal de Educação, Zulma Moreira, destaca que hoje a educação ambiental já faz parte da grade de ensino através de projetos interdisciplinares, ou seja, em que o tema é trabalhado junto aos demais conteúdos. “A proposta é que a partir do ano que vem o projeto de recuperação das matas ciliares próximas a recursos hídricos seja trabalhado na Educação Integral”, afirma.

O projeto também prevê o reflorestamento de outras quatro áreas verdes próximas às nascentes da cidade. Entre os benefícios da preservação das matas ciliares, conforme o biólogo do IPDSA, Rodrigo Machado, é que a vegetação retém a água da chuva que se infiltra no solo, alimentando os lençóis freáticos, e estes alimentarão as nascentes e olhos d´água.

“As raízes das árvores retêm os sedimentos que são transportados pela chuva e se acumulam no fundo dos rios. E toda a drenagem da água das chuvas desse setor recai aqui, que é um ponto recorrente de enchentes e inundações. Com a proteção de árvores, a gente reduz o assoreamento e evita a poluição desse espelho d’água”, explica Rodrigo.

“É muito importante trabalhar esse tipo de conteúdo com as crianças, afinal, é desde pequeno que a gente aprende a preservar a natureza. E eu costumo dizer que eles também são educadores. Todo o aprendizado conferido na escola, eles levam para os pais e outros adultos da sua convivência. Então, se a gente quer mudar na sociedade, a gente tem que começar pelas crianças”, reforça Zulma.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x