Super banner
Super banner

Revitalização do Distrito Industrial de Araxá está prevista para 2017, diz Fiemg

Revitalização do Distrito Industrial de Araxá está prevista para 2017, diz Fiemg

O Distrito de Industrial (DI) de Araxá foi incluído na segunda etapa do Programa de Revitalização e Modernização dos Distritos Industriais. O tema foi debatido durante reunião na Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia), na quarta-feira (15), com representantes e empresários do setor, lideranças políticas e técnicos.

O analista de Projetos, Carlos Magno, e a coordenadora de Projetos, Raquel Lopes, representantes da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), apresentaram que a iniciativa do Governo de Minas é realizada em municípios incluídos no programa, com o apoio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

Durante a reunião, Carlos Magno ressaltou que o projeto fortalece a classe empresarial de Minas Gerais e trabalha com os objetivos estratégicos a serem empregados na revitalização e modernização do Distrito Industrial que são: adequar a infraestrutura; aumentar a atratividade; promover a competitividade e estruturar um ambiente acolhedor, ou seja, para oferecer melhores condições de trabalho no DI.

Esses quesitos, de acordo com o setor, vão de encontro da necessidade de se revitalizar o Distrito Industrial de Araxá. O plano de ação da Fiemg pretende priorizar as ações mais emergentes para incrementar o local.

Um workshop foi planejado para acontecer em Araxá no dia 30 de março, com o intuito de levantar as principais necessidades que precisam ser efetuadas por meio da revitalização e a modernização do DI.

Antes desse workshop, os empresários vão responder um questionário que precisa ser entregue até o dia 3 de março, na Acia e na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação Tecnológica. Após esse processo, uma visita dos representantes da Fiemg e da Codemig a Araxá está agendada para o dia 29 de março.

Empresários do DI apresentaram as seguintes demandas a serem priorizadas com o programa estadual que são: cercamento do perímetro do Distrito Industrial; duplicação da rua Araxá, principal via de acesso ao DI; elevação da rede elétrica; instalação de passeios, pontos de ônibus e paisagismo e desativar o bota-fora (lixão) e deixar que a natureza o regenere; área de lazer e sede administrativa.

De acordo com o deputado estadual Bosco, a reunião representou o pontapé inicial para os incrementos que serão posteriormente realizados.

“Esse programa é extremamente importante, tanto para as empresas já instaladas no Distrito Industrial, quanto para aquelas empresas que haverão de instalar, em um futuro próximo, sem deixar de lado a importância do momento no que diz respeito ao desenvolvimento e a ampliação das empresas que já estão produzindo não só para Araxá, para Minas Gerais e outros locais do país”, comenta o deputado.

O presidente da Acia, Emílio Neumann, acrescenta que essa união de forças das classes empresarial e política veio ao encontro do que precisa ser feito para a cidade ser contemplada com o programa.

“Nós reunirmos a Associação Comercial, a Codemig, o Poder Público, vereadores, Sindicato do Comércio, empresários do Distrito Industrial e o deputado estadual Bosco mostrando exatamente a nossa força e do que queremos. A revitalização do Distrito Industrial é de suma importância para que seja realmente organizado e que possamos angariar mais indústrias”, reforça.

No decorrer da reunião, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação Tecnológica, Geraldo Lima Júnior, que representou o prefeito Aracely de Paula, lembrou das ações já realizadas pela Administração Municipal que foram o recapeamento asfáltico das vias do DI; fiscalização por parte do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá (IPDSA) para enquadrar os invasores; gestão junto à Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) para ampliar a oferta de energia elétrica e gestão junto a uma empresa de tecnologia para instalar o cabeamento de fibra óptica com objetivo de melhorar a internet.

“Sem as políticas públicas fica muito difícil executar qualquer ação que atenda os interesses da classe empresarial. Por outro lado também, se for uma ação isolada de políticas públicas, sem o apoio da classe empresarial, é difícil que isso aconteça. O ponto alto dessa reunião foi a mobilização intensa e com cada um colocando o seu ponto de vista. Chegou a vez de Araxá. A Codemig precisa voltar a sua atenção para cidade. Aqui foi um exemplo de união”, relata o secretário.

Representante da Codemig na reunião, o assessor da Diretoria de Fomento à Indústria Criativa, Fernando Mascarenhas, avalia positivamente a reunião.

“Foi um primeiro passo que consideramos de extrema importância para a execução do programa com essa reunião e mostrou também que a união de todos aqui vai fazer, com certeza, o projeto dar certo em Araxá”, comenta o assessor da Codemig.

Se tudo for cumprido conforme exposto pela Fiemg, a expectativa é que o Distrito Industrial comece a ser revitalizado ainda em 2017.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x