Super banner
Super banner

Sebrae/MG implanta projeto pioneiro no setor rural em Araxá

Sebrae/MG implanta projeto pioneiro no setor rural em Araxá

sebrae araxá

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Minas Gerais elaborou um plano, pioneiro no Estado, de gerenciamento de resíduos sólidos em áreas rurais. Araxá será o primeiro município mineiro a receber o projeto, que contemplará cerca de 450 propriedades espalhadas no território. O objetivo é promover ações fundamentais para o acondicionamento correto, coleta, transporte e destinação final dos resíduos sólidos, em prol da uma melhor qualidade de vida no campo e evitar contaminação ambiental. A apresentação para entidades e lideranças do setor rural aconteceu nesta quarta-feira, 22, na Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócios de Araxá (Acia).

O Sebrae-MG realizou em 2010, em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), um diagnóstico em propriedades rurais espalhadas pelo  Estado. Na oportunidade, o estudo analisou a gestão das águas e dos resíduos sólidos, a conservação da vegetação natural, o manejo produtivo, além de verificar o atendimento do setor à legislação ambiental; sendo que um dos maiores problemas detectados nessas fazendas  foi a má gestão dos resíduos sólidos. O plano de gerenciamento visa estabelecer ações integradas e diretrizes quanto aos aspectos ambientais, sociais, econômicos, legais, administrativos e técnicos, para todas as fases da geração dos resíduos sólidos em áreas rurais.

A analista de agronegócios do Sebrae-MG, Fabiana Vilela, diz que a questão dos resíduos sólidos em áreas rurais é um dos grandes problemas de saúde pública e qualidade de vida no setor. “Hoje, a área rural é uma extensão da urbana. Produtos que encontramos na cidade também estão nas fazendas, mas a grande diferença é que os produtores não têm onde destinar as embalagens que sobram do seu consumo. Com o objetivo de ajudar o produtor e atender essa demanda, elaboramos um projeto piloto de processo de coleta seletiva, que vai retirar essa fonte de contaminação ambiental e também reduzir bastante esse problema sanitário para as famílias rurais.”

De acordo com ela, o projeto está em fase de planejamento e será implantado em 2013. “Estamos conversando com as entidades parceiras e, a partir do próximo ano, vamos implantar efetivamente o projeto, com várias ações de conscientização e educação dos produtores rurais. A nossa idéia é que o produtor rural faça o armazenamento dos resíduos sólidos durante o período semanal e destine-os em pontos estratégicos localizados em estradas vicinais, postos de saúde e escolas rurais, centros comunitários para que caminhão possa fazer a coleta para levar os materiais para um ambiente de reciclagem adequado”, destaca a analista de agronegócios do Sebrae-MG, Fabiana Vilela.

O projeto terá o apoio da Cooperativa Agropecuária de Araxá Ltda (Capal), Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá, Prefeitura Municipal de Araxá, Polícia Militar e Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Codema).

Notícias relacionadas