Super banner
Super banner

Segurança pública é discutida na Câmara Municipal

Os vereadores se reuniram com os integrantes do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep), hoje (4), às 10h, na Câmara Municipal. O tema central foi a discussão sobre andamento do Plano Integrado de Segurança Pública de Araxá , elaborado pelo Consep, que aponta 25 metas prioritárias para a redução da criminalidade no município.

De acordo com Roberto Ney Lusvarghi, presidente do Consep, a maioria das metas do plano de segurança pública está em desenvolvimento, mas ainda sem não tem previsão para serem executadas, por falta de recursos financeiros. Ele acrescenta que o Consep tem trabalhado para captar recursos através do Fundo Nacional (e Estadual) de Segurança Pública, da Lei Orçamentária do município, doações e multas aplicadas pelo Poder Judiciário.

Dentre as principais metas do plano de segurança, está a instalação de câmeras de monitoramento nos setores mais movimentados da cidade, um projeto que custa acima de R$ 2 milhões. “Os membros do Consep estão trabalhando aceleradamente para que isso aconteça”, diz Roberto.

O vereador Agno Rosa afirma que a Câmara está à disposição do Consep para que a execução do Plano Integrado de Segurança Pública seja realizada. “Esse projeto não pode ser interrompido, há uma participação efetiva na área de segurança, além do envolvimento de entidades filantrópicas onde possam deflagrar que a segurança pública é primordial.”

O Consep é representado por integrantes das polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Estadual, prefeitura, Poder Judiciário, Ministério Público, Corpo de Bombeiros, Acia, CDL e Uniaraxá.

Metas do Consep

01 – Reativar o Conselho Municipal de Segurança Pública de Araxá (Comuseg).

02 – Reestruturar e revitalizar o Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep).

03 – Criar a Guarda Municipal.

04 – Implantar o Projeto “Araxá Segura” – monitoramento por Câmeras, geoprocessamento Criminal, Centro Integrado de Atendimento e Despacho (Ciad).

05 – Concluir e estruturar a nova Cadeia Pública.

06 – Aperfeiçoar a Execução Penal no município.

07 – Criar o Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado sob Coordenação do Ministério Público.

08 – Implantar o Programa Tolerância Zero – Prevenção e Repressão Criminal.

09 – Implantar o Programa de Segurança no Trânsito.

10 – Reestruturar a Polícia Militar.

11 – Reestruturar a Polícia Civil.

12 – Reestruturar a Polícia Rodoviária Federal.

13 – Reestruturar o Corpo de Bombeiros.

14 – Criar o Conselho Municipal de Defesa Civil (Comdec).

15 – Ampliar o atendimento à criança e ao adolescente.

16 – Criar o Programa Cidadania Araxaense – projetos sociais e campanhas educativas.

17 – Elaborar o Plano Ambiental.

18 – Estruturar a segurança aeroportuária.

19 – Criar a Secretaria Municipal de Segurança Pública.

20 – Criar e instalar mais três Varas Judiciais: Criminal, Juizados Especiais e Infância e da Juventude.

21 – Elaborar o Plano de Segurança Rural.

22 – Estruturar e fortalecer o Centro de Estudos Criminais Dr. Danilo Cunha (Uniaraxá).

23 – Sistematizar o Combate da Violência à Mulher, ao Idoso e outros.

24 – Criar o comitê para análise dos efeitos da migração provocada pelo plantio de cana e batata.

25 – Combater a violência escolar.

Notícias relacionadas