Demais profissionais de saúde querem os mesmos benefícios de médicos e dentistas

Demais profissionais de saúde querem os mesmos benefícios de médicos e dentistas

A negociação de reajustes salariais e bonificações por produtividade com médicos e dentistas feita pela Prefeitura de Araxá não agradou aos demais profissionais que trabalham na saúde pública de Araxá. Uma equipe formada por psicólogos, fisioterapeutas, enfermeiros e fonoaudiólogos reivindicou os mesmos direitos durante reunião com o prefeito Jeová Moreira da Costa e secretário municipal de Saúde, Antônio Marcos Belo, na manhã de hoje (15), na sala de reuniões do Gabinete.

“Achei que esta reivindicação ao prefeito não teria necessidade, achei que também seríamos beneficiados assim como os médicos e dentistas. Diferentemente do que acontece com eles, todos os demais profissionais estão cumprindo a sua carga horária e não tiveram correção salarial. Fomos injustiçados”, diz a chefe de Enfermagem da Unidade de Saúde Integrada Sul (Unisul), Rita Aparecida Silva Okagawa.

Ela acrescenta que nenhum médico cumpriu totalmente a carga horária da Unisul. “Um médico não trabalha sozinho e um enfermeiro também não. Somos uma equipe multiprofissional que deve ser respeitada e todos devem cumprir o que foi estipulado pela administração. Nos sentimos desvalorizados e desmotivados, mas estou com fé de que tudo vai dar certo”, diz Rita.

Jeová diz que a reivindicação é justa. “Esses profissionais estão colaborando com o ajuste da saúde em Araxá. Colocamos para eles a realidade em que estamos vivendo e tenho a certeza de que todos saíram mais conscientes, com a consciência de que precisamos dar as mãos para dar à comunidade de Araxá uma saúde de excelência.”

De acordo com o prefeito, os demais profissionais também serão beneficiados com reajustes salariais e as bonificações por produtividade, mas ainda sem prazo para acontecer.

“Não estamos levantando problemas, nos reunimos para dar soluções e precisamos ter a participação dos médicos, a colaboração dos dentistas e de todos os profissionais de saúde. Estamos avançando e as pontuações e os parâmetros. O pagamento da produtividade será eleito pela comunidade quando for atendida pela saúde pública.”

Notícias relacionadas