Minas tem mais 120 engenheiros habilitados a expedir o CFO

Minas tem mais 120 engenheiros habilitados a expedir o CFO

Os produtores rurais de Minas Gerais contam com mais 120 engenheiros agrônomos habilitados a emitir o Certificado Fitossanitário de Origem (CFO) e o Certificado Fitossanitário de Origem Consolidada (CFOC). Os documentos são exigidos pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) para emissão de Permissão de Trânsito de Vegetais (PTV) e só podem ser emitidos por profissional habilitado.

A PTV é um documento que acompanha a carga de vegetais e partes deles durante o trânsito e só é emitida após a apresentação, por parte do produtor, do CFO ou do CFOC expedido pelo profissional habilitado pelo IMA.

Os 120 engenheiros capacitados pelo instituto em 2008 estiveram divididos em quatro turmas. Os cursos foram realizados nos municípios de Machado, Passos, Lavras e Frutal, com o objetivo de habilitar os participantes a reconhecer os sintomas das pragas regulamentadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e emitir os certificados.

Temas como Legislação de Defesa Sanitária Vegetal, controle do uso de agrotóxicos, identificação e monitoramento de pragas e a própria legislação que rege a profissão de engenheiro agrônomo, são abordados durante os cursos.

Notícias relacionadas