Números da safra apresentam estabilidade em Minas Gerais

Números da safra apresentam estabilidade em Minas Gerais

A produção de grãos em Minas Gerais vai ficar praticamente estável na safra 2008/2009, de acordo com a quarta previsão de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgada nesta quinta-feira (8). O levantamento mostra que a produção estadual será um pouco superior a 10,1 milhões de toneladas, na comparação com os 10,2 milhões de toneladas da safra anterior. Portanto, a redução estimada é de 0,8%.

Já a safra nacional de grãos deverá registrar queda de 4,9%. Serão 137 milhões de toneladas, contra os 144 milhões de toneladas do ano anterior.

Para o superintendente de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuário e Abastecimento, João Ricardo Albanez, a manutenção dos números da produção estadual quase no mesmo nível da safra 2007/2008 deve ser atribuída principalmente às condições climáticas favoráveis.

Ele explica que houve pouco investimento em insumos por causa do alto custo dos fertilizantes no período. De acordo com a análise dos números feita pela Superintendência, o fator produtividade não foi afetado de forma expressiva pela redução do uso de fertilizantes.

 “Isso está bem claro na comparação da estimativa de área plantada no Estado, nesta safra, 2,79 milhões de hectares, na comparação com a área da safra anterior, de pouco mais de 2,83 milhões de hectares. A redução foi de 1,4%.”

Um dos produtos da safra mineira que deverão alcançar resultado positivo na safra 2008/2009 é a soja, com 2,6 milhões de toneladas, ou 1,5% mais que na safra anterior. A safra de feijão em Minas também deve apresentar crescimento, com 590,6 mil toneladas, na comparação com as 566,1 mil toneladas da safra anterior. Alta de 4,3%.

Já a previsão da produção de sorgo no Estado apresenta evolução de 1,7%, com quase 230 mil toneladas. Outro produto de Minas em destaque é o trigo. Este cereal, apesar de ter pouca participação no conjunto da safra estadual e nacional, vai registrar aumento de 93,1%, com o salto de 49,5 mil toneladas para 95,6 mil toneladas.

O superintendente diz que é relativamente equilibrada a situação do milho produzido em Minas Gerais, diante dos números do país. Principal produto da safra mineira de grãos, o milho tem registrado crescimento nas safras anteriores.

No período 2008/2009, a estimativa de colheita no Estado é um pouco inferior a 6,5 milhões de toneladas. A redução estimada do volume colhido em Minas é de 2,6% em relação ao ano passado, enquanto a produção nacional, segundo a Conab, vai cair 10,9%.

Notícias relacionadas