Primeiro Festival de Cinema de Araxá é previsto para dezembro

Primeiro Festival de Cinema de Araxá é previsto para dezembro

Programado para o início de dezembro, o Festival de Cinema (FestCine) de Araxá foi discutido nesta semana na Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Econômico, Turismo e Parcerias. Para a secretária Alda Sandra Barbosa Marques, o evento é um marco para a cidade e irá contribuir com a divulgação do turismo e da cultura em todo o Brasil, já que o festival é de porte nacional com pré-acordo de uma produção de um filme na cidade para ser exibido no país e também na Europa. “O evento tem o apoio da prefeitura e com certeza contará com fortes parcerias, tornando a cidade de Araxá um dos roteiros mais importantes em festival de cinema”, destaca.

O objetivo do 1º FestCine Araxá é fortalecer o turismo e a cultura da cidade por meio do cinema. O evento reunirá produtores, diretores, artistas, autoridades e demais segmentos envolvidos na indústria cinematográfica e meio ambiente, além do público participante. Na programação serão realizadas mostras competitivas de longas-metragens brasileiros. Paralelas à competição, diversas atividades acontecerão com exibição de filmes; encontros; debates; oficinas; seminários e foros de discussões, tendo como pauta as principais questões que o cinema enfrenta atualmente como políticas de apoio, incentivos, distribuição e estética.

A Alda Sandra recebeu na reunião a diretora cinematográfica e produtora executiva do FestCine Goiânia, Débora Torres, juntamente com a presidente do Araxá Convention & Visitors Bureau, Júnia Detoni, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia), Marcio Farid, o responsável pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebare) em Araxá, Otávio Gomes de Menezes, o presidente da Associação do Circuito da Canastra, Leonardo Santos, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Araxá, Júlio Mário da Silva, e o presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), Walter Ogawa.

Na oportunidade, todos puderam discutir parcerias, além da definição de datas e verbas para o evento. Farid acredita que o festival também poderá estar dentro da programação do Natal.

Para ele, o evento não deve acontecer isoladamente, e sim se tornar uma programação fixa no calendário da cidade. Segundo Júlio Mário, as entidades precisam se unir para que a realização do evento aconteça. Ele afirma que o FestCine é importante não só num aspecto cultural como também comercial  da cidade “Teremos importantes artistas aqui. Araxá tem um nome forte e pode atrair ainda mais a população, movimentando todos os setores da cidade”, ressalta. 

Notícias relacionadas