Programas e ações da Secretaria de Agricultura são apresentados em Araxá

Programas e ações da Secretaria de Agricultura são apresentados em Araxá

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais e as entidades vinculadas, Emater-MG, IMA e Epamig, participam, até 16 de abril, da 41ª Exposição Agropecuária de Araxá. No evento, técnicos do sistema da Agricultura vão oferecer atendimento aos produtores rurais e participantes da feira. Participaram da abertura, o secretário da Agricultura, João Cruz Reis Filho, o presidente da Epamig, Rui Verneque, o deputado estadual Bosco, além do prefeitoe Araxá, Aracely de Paula e lideranças do setor na região.

No primeiro dia do evento, o secretário João Cruz Reis Filho se reuniu com lideranças rurais e políticas e dialogou com produtores. Visitou uma queijaria, a Fazenda da Epamig em Araxá e os escritórios do IMA e Emater-MG. Na solenidade de abertura ressaltou a importância do trabalho integrado pelas empresas que compõe o sistema da Seapa na região. “A região de Araxá é muito importante para a agropecuária mineira e as instituições vinculadas trabalham de forma muito integrada, contribuindo para o sucesso dos produtos da região, como o Queijo Minas Artesanal”, avalia o secretário.

Um estande da Secretaria de Agricultura foi montado para apresentar políticas públicas da agricultura como o Pró-Genética, Queijo Minas Artesanal, Pronaf, Defesa Sanitária e Campanhas de Vacinação desenvolvidas para o rebanho bovino. Outro destaque é a realização do 9º concurso do Queijo Minas Artesanal de Araxá, organizado pela Emater-MG.

O objetivo do concurso é estimular a produção, com qualidade, o cadastramento e a valorização do produto.  Neste ano são 15 produtores inscritos cadastrados no IMA. Os visitantes da ExpoAraxá também poderão participar da “degustação orientada”, com apoio de técnicos do Instituto de Laticínios Cândido tostes, da Epamig, no dia do concurso. O objetivo é destacar as características do Queijo Minas Artesanal Araxá com diferentes períodos de maturação.

Outra atração é o Ciência Móvel, da Epamig, projeto itinerante onde são apresentados produtos resultados de pesquisas da empresa como o azeite, vinho e café.

Produção agropecuária

Importante polo da produção de queijos artesanais no estado, Araxá, no Alto Paranaíba, com seu rebanho de 26,5 mil vacas ordenhadas, garantiram, em 2013, a produção de 63,5 milhões de litros de leite, se posicionando como 22º maior produtor em Minas Gerais. A região do Alto Paranaíba produziu 1,35 bilhões de litros no mesmo ano, participação de 14% na produção do estado, com 9,3 bilhões de litros de leite, segundo dados do IBGE.

O rebanho bovino do município atingiu, em 2013, 75 mil cabeças. De suínos, 3,5 mil. Entre os grãos os destaques são o milho, com 28,4 mil toneladas em 2014, a soja, com 18 mil toneladas e o sorgo, com 7,5 mil toneladas. Araxá é o 16º maior produtor de cebola, com 1,56 mil toneladas colhidas no ano passado.

Queijo Minas Artesanal

Na microrregião de Araxá são 27 produtores já cadastrados no IMA, produzindo conforme a legislação sanitária vigente. Atualmente, existe uma queijaria individual e um entreposto registrados no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), onde os queijos completam o período de maturação exigido pela legislação e são comercializados nacionalmente.

Notícias relacionadas