Super banner
Super banner

Caiçara e Dínamo ficam no empate

Caiçara e Dínamo ficam no empate

Caiçara e Dínamo ficaram no empate na manhã de hoje (24), na AEF, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Amador. O Dínamo não contou com a dupla de zaga titular (Igor e Carlão) e nem com o atacante Serginho. A equipe sentiu as ausências e não foi bem contra o Caiçara, que jogou melhor e buscou o empate em 1 a 1, após sair perdendo. Na próxima rodada, o Dínamo joga contra Estância e o Caiçara enfrenta o Vila Nova.

Classificação do Amadorão
Tabela de jogos do Amadorão

Véio abre o placar

A equipe do Caiçara não tomou conhecimento do vice-campeão do Amador do ano passado e começou melhor. Porém, as investidas ficavam na defensiva do Dínamo, que demostrava dificuldade em sair jogando.

Após perder algumas oportunidades, o Caiçara viu o Dínamo abrir o placar. Lucas Ribite cobrou escanteio, a bola foi desviada no primeiro pau e sobrou para Véio fazer, de cabeça, aos 12 minutos. O gol deu um ânimo a mais à equipe do treinador Nélio Reis, que por muito pouco não ampliou.

Gordinho trocou passes com Lucas Ribite e recebeu na entrada da grande área, o atacante bateu de primeira e Derson foi obrigado a desviar, mas a bola ainda bateu no travessão antes do escanteio, aos 22.

Mesmo com o gol e a bola na trave, o Dínamo não foi melhor que o Caiçara no 1° tempo. Entretanto, o melhor volume de jogo da equipe do bairro São Geraldo não resultou em gol e a maioria das jogadas foi desperdiçada por Elvinho.

Caiçara busca o empate com Fabinho

Na volta dos vestiários o treinador Nélio Reis tirou Paulo Rocha da zaga e o passou para a lateral. Com isso, Bruno foi atuar junto com Wagner e Paulo André improvisado para o meio- campo. A mexida surtiu efeito positivo e o Dínamo voltou mais centrado em campo.

A primeira chance de ampliar veio após vacilo do zagueiro Hélio. Ele embaraçou na bola na frente de Véio, que rolou para Lucas Ribite chutar rasteiro da entrada da área e tirar tinta da trave direita de Derson, aos 16 minutos.

Logo aos 23, Bruninho ligou um ótimo contra-ataque para o Dínamo e rolou para Paulo André na esquerda, o jogador teve calma e rolou novamente para Bruninho, que escolheu o ângulo e, mais uma vez, a bola passou muito perto do gol do Caiçara.

Daí pra frente só deu Caiçara e foi a vez do goleiro Edinei aparecer na partida e salvar sua equipe por duas vezes antes do gol de empate. Na primeira, aos 27 minutos, o goleiro fez uma linda defesa no chute, à queima roupa, de Fabinho. Já aos 34, Edinei mandou pela linha de fundo o chute cruzado de Walton.

E foi justamente na cobrança de escanteio que o Caiçara empatou com Fabinho batendo de primeira, desta vez, sem chances para Edinei, aos 35 minutos. O gol deixou a reta final da partida mais quente, mas as duas equipes não conseguiram balançar a rede de novo e saíram de campo com o empate em 1 a 1.

Antes do apito final, ainda deu tempo de Lucas Ribite ser expulso após falta dura em Ricardo, aos 43 minutos. Ele demorou três minutos para deixar o campo, atrasando ainda mais o fim da partida.

Ficha técnica

Caiçara: Derson, Cowboy, Hélio, Amarildo e William (Tião); Dedé, Ricardo, Vertinho (Geovane) e Fabrício (Walton); Elvinho (Jaílson) e Walace (Fabinho).
Treinador: Edvaldo Pelanca.

Dínamo: Edinei, Paulo André, Wagner, Paulo Rocha e Zé do Tim (Felipe); Bruno, Marcos Peixe (Luiz Carlos), Bruninho e Lucas Ribite; Véio (Wemerson) e Gordinho.
Treinador: Nélio Reis.

Gols: Véio, aos 12 minutos do 1° tempo;  Fabinho, aos 35 do 2° tempo.

Árbitro: Gilberto Moraes.
Auxiliares: Luiz Carlos Braga e Sebastião Aparecido.

Cartões amarelos: Edinei, Bruno e Gordinho (Dínamo); Elvinho e Zé da Vale (Caiçara).
Cartão vermelho: Lucas Ribite (Dínamo).

Notícias relacionadas