CEREST promove atividades para trabalhadores

CEREST promove atividades para trabalhadores

A Praça Governador Valadares foi palco, na sexta-feira, 28, de blitz educativa realizada pela Prefeitura Municipal de Araxá, por meio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) Microrregional Araxá. O ato foi feito com panfletagem e conscientização sobre o dia em memória às vítimas de acidente de trabalho.

Com foco na prevenção aos acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, o evento dá início à programação que ocorre pelo terceiro ano consecutivo, e conta também com caminhada e seminários sobre primeiros socorros e segurança ocupacional. Em funcionamento desde 2005, o CEREST Araxá atende ainda as cidades de Perdizes, Pedrinópolis, Pratinha, Santa Juliana, Campos Altos, Ibiá e Tapira.

O trabalho ocorre com as vertentes de ações de assistência, educação continuada e vigilância em saúde. O calendário dispõe do próximo dia 6 de maio para caminhada em memória às vítimas de acidente de trabalho. O trajeto seguirá pela praça Governador Valadares, rua Dom José Gaspar e av. Antônio Carlos. No dia 10, ocorrerá o Seminário Saúde e Segurança no Trabalho, na Associação Comercial de Araxá (Acia), com palestras sobre Segurança Ocupacional, com engenheiro de Segurança do Trabalho da empresa Plenna Engenharia, e sobre Primeiros Socorros, com integrantes do Corpo de Bombeiros.

A referência técnica em Saúde do Trabalhador do CEREST Regional de Araxá, Flávia Freire de Almeida, destaca que a realização anual dos eventos reflete em um aumento na procura de atendimentos, sendo por meio de empresas ou dos próprios empregados.

“Em termos de melhora, observo que a partir do primeiro ano em diante já tivemos maior demanda de trabalhadores procurando os serviços da rede referenciando trabalhadores. Basicamente, acho que nosso benefício foi a divulgação do trabalho que o CEREST desenvolve. Também acho que tivemos maior abertura dentro das empresas, pois conseguimos dar mais palestras e realizar um trabalho de prevenção e promoção da saúde da educação continuada da saúde do trabalhador dentro dessas empresas”, diz Flávia Freire.

Dados do CEREST, que não representam a totalidade de agravos e acidentes do município, apontam 99 ocorrências graves relacionadas ao trabalho em 2016. Foram três fatais, 42 com exposição à material biológico, 24 casos de Lesões por Esforço Repetitivo (Ler) ou Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (DORT) e quatro intoxicações exógenas no trabalho.

Vertentes de atuação

O bloco de Ações de Assistência é feito por equipe do próprio CEREST, composta por médico, duas enfermeira, duas fisioterapeutas, uma assistente social e técnica de enfermagem, além da equipe de segurança do trabalho e administrativo. A demanda é referenciada pela rede, sindicatos, empresas e até mesmo demandas espontâneas de qualquer tipo de trabalhador que procura o serviço apresentando algum problema de saúde relacionado ao trabalho.

O grupo conta ainda com equipe de alongamento que atende todos os dias da semana e o CEREST Itinerante, programa que realiza atendimento semestral em todos os municípios da microrregional de Araxá. No eixo de Educação Continuada em Saúde do Trabalhador engloba-se a realização de palestras, treinamentos, capacitações programadas ou conforme demanda baseada em convite de empresas para atendimento a públicos diversificados.

Já a Vigilância em Saúde do Trabalhador consiste na realização de fiscalização em ambientes em processos de trabalho e investigações de acidentes de trabalhos graves, levando informações sobre formas de prevenção e promoção à saúde, específicas a cada ramo de atividade. O CEREST funciona na Praça Governador Valadares, 436, Centro. O telefone para mais informações é 3662-4390.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x