Super banner
Super banner

Internacional supera Operário com gol no fim do jogo

Internacional supera Operário com gol no fim do jogo

Foto: Caio Aureliano

Da Redação – Em jogo da 12ª rodada neste domingo (19), os torcedores presenciaram uma vitória suada do Internacional em cima do Operário por 1 a 0 no campo Chácara Dona Adélia. O gol salvador foi marcado pelo Vitinho, aos 46 minutos do segundo tempo. Com um a menos desde os 40 minutos da primeira etapa, o Operário mão conseguiu segurar o resultado e o Inter teve sua nona vitória no Campeonato Amador. A 13ª rodada marca como os próximos adversários de Inter e Operário, as equipes do Santa Terezinha, no Chácara Dona Adélia, às 8h30, e Estância, no Ernesto Duílio Stefani, às 10h30.

Equilíbrio no primeiro tempo

Internacional e Operário se alternaram no campo ofensivo e tiveram muitas chances de abrir o placar na primeira etapa. Aos 2 minutos, Cinquentinha, na cara do gol, finalizou a direita do goleiro Derson. Na sequência, Cinquentinha apareceu de novo, desta vez como ‘garçom’, deu passe em profundidade na área, mas Yuri e Carlos não conseguiram conferir o primeiro gol do jogo.

O Internacional também se fez presente no ataque aos 7 minutos em jogada de bola parada. No escanteio batido, a bola desviada na primeira trave foi concluída em toque de Douglas, de frente para o goleiro Testa mandou pela linha de fundo. Flávio ainda tentou um chute de fora da área e Testa, mais uma vez, fez a defesa.

Durante o primeiro tempo, o goleiro Testa sentiu uma contusão na perna esquerda e ficou bravamente até o apito final do árbitro Weslei Elias para a primeira etapa. O Operário não se intimidou e seguiu incomodando o sistema defensivo do Internacional com o goleiro Derson salvando o seu time de uma derrota.

Se lá atrás, Derson segurava o ataque do Operário, lá na frente, Testa fazia a sua parte. Aos 38 minutos, o goleiro do time visitante fez uma grande defesa em cabeçada de Douglas no ângulo direito.

No fim da primeira etapa, o Operário acabou perdendo o jogador Givago, expulso por jogada violenta. Mesmo jogando fora do Oacisto Teixeira, o Operário se mostrou um time valente e segurou o empate de 0 a 0.

Gol aos 46 minutos do segundo tempo

A partir da expulsão de Givago, o jogo se tornou um confronto de ataque contra a defesa. O Internacional criava muitas chances, que às vezes, paravam no goleiro Testa ou a bola se perdia para a linha de fundo. No começo do segundo tempo, Paulo Tata, dentro da área, chutou para defesa do goleiro Testa. No rebote, Vitinho também tentou superar Testa, mas o jogador do Operário defendeu no seu cantinho esquerdo.

O Internacional atacava apenas pelo lado direito e o lado esquerdo praticamente não existiu. A maioria das chances era na base do ‘abafa’ contra um Operário que segurou o Inter enquanto pôde com um a menos desde os 40 minutos do primeiro tempo. O atacante Flávio teve três chances de abrir o placar, mas em todos os lances, dentro da área, a bola foi chutada para fora.

De tanto insistir, o Internacional acabou fazendo o gol da vitória nos acréscimos. Em cruzamento para área, o goleiro Testa que iria saindo de sua meta, escorregou no lance e não evitou o gol de Vitinho de cabeça que se tornou o ‘homem dos três pontos’ para o Internacional.

O Operário até que tentou mudar o placar aos 48 minutos em cobrança de falta de Ademílson na entrada da área, mas o goleiro Derson, um dos destaques do time nessa campanha, fez a defesa evitando mais surpresas para o Inter.

A vitória de 1 a 0 garantiu a vice-liderança do Internacional que somou 27 pontos. O líder continuou sendo o GEF que venceu o Dínamo por 1 a 0 e chegou aos 29 pontos.

Ficha técnica:

Internacional: Derson; Aguinaldo Marreco, Ricardo, Jonatan e Diogo; Jean, Flávio, Cristiano (João Copasa) e Vitinho; Paulo Tata e Douglas (Hamilton Mamão).

Treinador: Ademir.

Operário: Testa; Cleiton, Mamão, Jhonny e Coelho (Buiú); Givago, Zé Luís, Yuri (Profet) (Felipe) e Ademilson; Cinquentinha (Renildo) e Carlos (Amaral).

Treinador: Zezé.

Gol no segundo tempo: Vitinho aos 46 minutos.

Arbitragem: Weslei Elias, auxiliado por Darlan Arnaldo e Vicente dos Reis.

Cartões amarelos: Jonatan, Diogo e Vitinho (Internacional); Givago e Profet (Operário).

Cartão vermelho: Givago (Operário).

Resultados 12ª rodada Amadorão:

Santa Terezinha 0x1 Guarani

CIT 0x4 Tigrão

Grei 3×1 Vila Nova

GEF 1×0 Dínamo

Ipiranga 1×1 Palmeri

Ferrocarril 1×1 Estância

Ferroviário 2×1 Caiçara

Internacional 1×0 Operário

Notícias relacionadas