Super banner
Super banner

Internet supera jornal, rádio e revista como fonte de informação nas eleições

Internet supera jornal, rádio e revista como fonte de informação nas eleições

A Internet superou jornais, rádios e revistas como meio de informação do eleitor para a votação do primeiro turno, revelou pesquisa divulgada na segunda-feira (29/11) pelo Tribunal Superior Eleitoral.

De acordo com o relatório elaborado pelo Instituto Sensus a pedido do TSE, o meio Internet foi citado por 9,9% como o mais utilizado para se informar. Ficou atrás apenas da TV (56,6%) e de conversas com amigos e parentes (18,4%).

No levantamento, o jornal impresso foi apontado como meio mais utilizado por 6,4% e o rádio, por 4,2% dos entrevistados. As revistas foram a opção de 0,7%. Não houve respostas múltiplas – a soma das escolhas foi de 100%.

Na escolha de fonte de informação para a decisão de voto do segundo turno, contudo, a Internet aparece em sétimo lugar, com 1,7%, mesmo peso da leitura de jornais e revistas. Os debates entre os candidatos apareceram em primeiro lugar, com 18,8%; os programas dos candidatos na TV vêm em segundo, com 15,5%. Opinião de amigos, colegas de trabalho e parentes foram a escolha de 6,2% dos pesquisados.

Em relação à urna eletrônica, a pesquisa apontou que 85% das pessoas não tiveram dificuldade em operá-la. O índice de aprovação do equipamento foi de 94,4%.

Em contraste, 42,6% dos pesquisados disseram ter ficado pouco motivado ou pouco animado para votar; 4,1% optaram por não votar ou justificar a ausência.

A pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 7 de novembro, em 136 municípios de 24 Estados. Foram realizadas 2 mil entrevistas.

com IDG NOW

Notícias relacionadas