Merenda escolar da rede municipal de Araxá terá redução de açúcar

Merenda escolar da rede municipal de Araxá terá redução de açúcar

Os alunos das escolas municipais de Araxá recebem uma merenda com cardápio variado, elaborado por uma nutricionista da Secretaria Municipal de Educação e a produção dos alimentos é acompanhada por sete técnicas em nutrição. 

A nutricionista Ivna Nolli informa que recentemente participou de um encontro estadual, em Teófilo Otoni, organizado pelo Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição Escolar (Cecane). No evento, foi informado que as escolas não poderão mais oferecer produtos que contenham açúcar para as crianças e terão que reforçar a oferta de frutas, verduras, folhas verde escuro, legumes amarelos e carne. 

Ela ressalta que o açúcar deixará de ser adquirido para as escolas, que farão um trabalho de educação nutricional com as crianças, pais e merendeiras. 

Ivna comenta que a avaliação da merenda escolar oferecida na rede municipal de Araxá é muito positiva. Ela diz que a cidade cumpre as exigências e ainda oferece carne (suína, bovina ou frango) todos os dias. “Já servimos frutas duas vezes por semana e vamos triplicar o fornecimento de frutas, reduzindo gradativamente a oferta de achocolatado, gelatina e produtos industrializados. O restante, já atendemos. A alimentação é variada com carne, verduras, frutas e legumes”, ressalta. 

Sobre a produção das refeições, a nutricionista explica que antes da volta às aulas foi realizado um treinamento com as cantineiras apresentando todos os protocolos de prevenção à Covid-19, do recebimento ao preparo dos alimentos.

 “Ninguém pode entrar na cozinha para entregar mercadorias, tudo é deixado no refeitório. As cantineiras higienizam todos os produtos antes de guardar. Elas trocam de roupa e sapato na escola, e ficam com esses pertences durante o período em que permanecem na unidade escolar. Lavam a mão toda hora, fazem uso frequente de álcool em gel e devem servir a comida usando luvas. Os protocolos também atingem os alunos”, diz. 

Ela acrescenta que as crianças ficam sentadas, mantendo o distanciamento e as professoras servem os pratos. Se o aluno for repetir comida, o prato e o talher são substituídos. “Seguindo esses protocolos conseguimos ter um retorno das aulas tranquilo, não tivemos nenhuma intercorrência, o funcionamento das escolas não interferiu nos números da contaminação em Araxá. Estamos no caminho certo, produzindo uma merenda escolar saudável e segura para os nossos alunos”, conclui Ivna.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x