Super banner
Super banner

Morre Dom Aloísio Roque Oppermann, arcebispo emérito de Uberaba

Morre Dom Aloísio Roque Oppermann, arcebispo emérito de Uberaba

Dom Aloísio Roque Oppermann - Divulgação

Em um final de semana de muitas alegrias para a Igreja Católica, com a canonização dos papas, João Paulo II e João 23, a cidade de Uberaba perde o arcebispo emérito Dom Aloísio Roque Oppermann, de 77 anos. Ele foi encontrado morto em casa, neste sábado (26). De acordo com a Arquidiocese de Uberaba, as causas da morte do arcebispo ainda são desconhecidas.

O velório aconteceu na tarde deste domingo, na Catedral Metropolitana de Uberaba. Uma missa será realizada nesta segunda-feira, às 11h, por Dom Paulo Mendes Peixoto, atual arcebispo de Uberaba. Em seguida, o corpo será sepultado na catedral.

Dom Roque, como carinhosamente era chamado, foi o 6º Bispo e 3º Arcebispo de Uberaba. Nasceu em 19 de junho de 1936 na cidade de São Vendelino (RS). Fez seus estudos de Filosofia no convento da Congregação do Sagrado Coração de Jesus, em Brusque (SC). Cursou Teologia em Taubaté (SP), onde foi ordenado padre em 29 de junho de 1961 pelas mãos de Dom Francisco Borges do Amaral. Na Congregação SCJ especializou-se em Orientação Educacional, Biologia e Pastorais Eclesiais. Exerceu importantes cargos como Reitor de Seminário e Educador do Instituto dos Meninos de São Judas Tadeu e do Orfanato São Judas, em São Paulo, pároco em Curitiba (PR), e em Varginha.

Foi nomeado primeiro bispo de Ituiutaba, a 2 de fevereiro de 1983, onde recebeu a ordenação episcopal a 21 de abril de 1983. Primeiro bispo de Ituiutaba, exerceu seu ministério episcopal por seis anos (1983-1988), Bispo de Campanha por sete anos (1988-1996) e nomeado Arcebispo de Uberaba em 1º de maio de 1996. Foi coordenador da Comissão de Liturgia do Leste II por cinco períodos e membro do Conselho permanente da CNBB.

Com Estado de Minas

Notícias relacionadas