Super banner
Super banner

Por que o conhecimento do inglês é tão ruim no Brasil?

Por que o conhecimento do inglês é tão ruim no Brasil?

Apesar do grande avanço tecnológico e facilidade de acesso a cursos online, ainda é uma tarefa difícil encontrar profissionais que dominem o inglês no Brasil. Indiferente a esse fato, o mercado de trabalho exige cada vez mais o domínio da língua inglesa como pré-requisito tanto para os cargos de liderança, quanto para postos de menor responsabilidade como os de trainee, por exemplo. A análise de currículos e aprovação de candidatos sem conhecimentos em um segundo idioma, especialmente o inglês, é um desafio que muitos empregadores ainda precisam enfrentar. Logo, investir no aperfeiçoamento de uma segunda língua pode significar uma excelente oportunidade de ascensão na carreira ou até mesmo um novo emprego. As principais barreiras para o sucesso profissional são, no entanto, o preço alto dos cursos, a falta de tempo e motivação do aluno.

 

Deseja dominar inglês em tempo recorde? Acesse: https://preply.com/pt/skype/professores–inglês. Ali, você encontrará excelentes professores que irão lhe ajudar a dominar a língua inglesa, de uma vez por todas.

 

É fato que quanto mais cedo se inicia o estudo de um segundo idioma, mais rápida é a compreensão e o processo de aprendizagem do mesmo. Muitos especialistas culpam o sistema educacional de brasileiro como a razão deste cenário desanimador. O ideal seria abordar o inglês, assim como o português e outras línguas, de forma interativa e eficaz nas aulas do ensino regular. Assim, se tornaria muito mais fácil para o adulto, assimilar novos vocabulários e regras do idioma estrangeiro.

 

Entretanto, aprender a falar inglês na fase adulta, não é impossível. Isso, no entanto, costuma exigir mais esforço, em comparação ao ritmo de aprendizagem da criança. Além disso, será necessário abrir mão de argumentos como falta de tempo e dinheiro. Esses obstáculos são transponíveis e fáceis de se solucionar. Como motivação vale a experiência a seguir. A presidenta da Russell Reynolds, empresa focada em recrutamento de executivos, afirma que a organização do tempo depende apenas das prioridades pessoais e profissionais de cada pessoa, é preciso ter determinação e dedicação. Segundo Fátima, existem pessoas que iniciam o dia às 10 horas, outros levantam às 4. Alguns estudam uma vez na semana, enquanto outros estudam todos os dias. Há pessoas focadas em prioridades e há pessoas focadas em dar  desculpas.

 

Quem investe e se dedica em aprender a língua inglesa, se beneficia com os resultados. O engenheiro Ascold Szymanskyj, de 55 anos e com um alto cargo de liderança na empresa F-Secure, diz que aprender inglês impulsionou sua carreira e possibilitou seu envolvimento em projetos mais complexos, fato que lhe rendeu  novas oportunidades profissionais.

 

Dominar o inglês pode ser uma alavanca decisiva para seu sucesso profissional. Uma maneira mais rápida de se especializar é ter foco e objetividade em sua rotina de estudos. A dica é agendar aulas com um bom professor particular, que possa ajudar você nessa jornada. Não perca mais tempo. Os empregadores agradecem.

*Publieditorial

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x