Prefeitura de Araxá entrega 200 tablets para a Educação Inclusiva

Prefeitura de Araxá entrega 200 tablets para a Educação Inclusiva

A Prefeitura de Araxá destinou 200 tablets para a Educação Inclusiva. Os equipamentos foram apresentados nesta quinta-feira (10), durante cerimônia realizada no Teatro Municipal.

Parte dos aparelhos de última geração vai para as 42 escolas da rede municipal que têm as Salas de Recursos Multifuncional, onde acontecem o Atendimento Educacional Especializado (AEE) para crianças com transtorno do espectro autista, TDAH, síndrome de Down, baixa visão, deficiência física ou deficiência intelectual, assistidas por profissionais especializados em educação inclusiva.

A outra parte dos aparelhos vai para o Centro de Atendimento à Educação Inclusiva (Caei), que oferece atendimento especializado e específico com fonoaudiólogos, psicólogos, fisioterapeutas, psicopedagogos, dentre outros. Ao todo serão 951 alunos beneficiados, sendo 627 alunos no AEE e mais 324 no Caei.

Foram investidos R$ 200.000,00 para a aquisição dos tablets, sendo R$ 125.000,00 com recursos próprios da Prefeitura de Araxá e R$ 75 mil por emenda parlamentar do vereador Valter José da Silva (Valtinho).

De acordo com Valtinho, idealizador do projeto, inicialmente a ideia era distribuir os tablets com o aplicativo “Matraquinha”, que auxilia no processo de aprendizagem das crianças e jovens com espectro autista.

“O projeto foi levado até a Secretaria Municipal de Educação, que acolheu e indicou o Caei. Lá, juntamente com a coordenação do Caei, nós pudemos ampliar o projeto, incluindo outros aplicativos que também atendam crianças com outras necessidades motoras, visuais, auditivas e cognitivas. Acredito que a tecnologia, além de incluir, ajuda também no processo de desenvolvimento dessas crianças”, afirma.

A coordenadora do Caei, Ana Rita Flores, destaca o projeto como um importante aliado para desenvolver e ampliar as habilidades funcionais de pessoas com deficiência e consequentemente promover vida independente e inclusão. “Isso é tecnologia assistiva. Nós temos inúmeras crianças que não conseguem se comunicar, que não são verbais. Esses tablets irão possibilitar a comunicação entre o professor e o aluno, entre a família e o aluno. É uma ferramenta a mais de trabalho para a Educação Inclusiva”, reforça.

A secretária municipal de Educação, Zulma Moreira, reitera a diferença que a inclusão faz na vida de crianças e jovens com necessidades especiais. “Nós sabemos que quando a escola está preparada os pais se sentem mais tranquilos, pois sabem terão todo o aparato para que o seu filho seja acolhido, tenha um processo de aprendizagem sem prejuízos e ao mesmo tempo possa interagir e socializar com outras crianças”, diz.

O prefeito Robson Magela acrescenta que os tablets são o pontapé inicial para associar a tecnologia à Educação Inclusiva. “É uma ação que transformará a mudança de postura na educação municipal, resgatando o status de Araxá como cidade referência em educação inclusiva no Estado. E eu fico muito feliz de fazer parte desse momento. Todos, sem exceção, têm direito à educação”, destaca.

A entrega também contou com as presenças dos vereadores Raphael Rios, presidente da Câmara Municipal, e Wellington Martins.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x