Super banner
Super banner

Prefeitura não comparece ao Fórum Comunitário sobre o programa Minha Casa, Minha Vida

Prefeitura não comparece ao Fórum Comunitário sobre o programa Minha Casa, Minha Vida

Fórum Comunitário que debateu o programa Minha Casa, Minha Vida - Foto: Isabella Lima

Da Redação/Isabella Lima – A Câmara Municipal de Araxá recebeu dois Fóruns Comunitários nesta segunda-feira (28). O primeiro debate foi acerca do programa Minha Casa, Minha Vida. Foram convidados o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Walter Francisco, o ex-assessor de Projetos Especiais da prefeitura, Francisco Antonello, o secretário municipal de Assuntos Jurídicos, André Luis Sampaio Borges, e o gerente-geral da Caixa Econômica Federal de Araxá, Márcio José da Cunha, mas somente o responsável pela Caixa compareceu.

Márcio explicou que Araxá tem dois loteamentos do Minha Casa, Minha Vida em construção, o Max Neumann II, com 497 casas, e o Pão de Açúcar II, com 500 casas. Em junho, a Caixa deve assinar o contrato de um novo loteamento, o Jardim das Oliveiras, com 421 casas.

A construtora responsável (RCG) pelo Max Neumann tem até o fim de junho para entregar a obra. A partir daí, a Caixa fará a vistoria e somente após o aval dos engenheiros responsáveis é que as casas serão entregues. Já o loteamento Pão de Açúcar II tem apenas 25% das obras concluídas.

Como na semana passada, poucos vereadores participaram do Fórum Comunitário. Compareceram José Domingos Vaz (PDT), Marco Antonio Rios (PSDB), Mateus Vaz de Resende (DEM), Carlos Roberto Rosa (PP), Juninho (DEM) e Lídia Jordão (PP), que solicitou o debate.

Lídia agradeceu a participação do gerente da Caixa e diz que ficou satisfeita com o fórum. “Apesar do não comparecimento da representação do Executivo, especialmente do secretário de Desenvolvimento Urbano, que em nenhum momento atendeu convocação desta Casa para comparecer em Fórum Comunitário, e nem do Francisco Antonello, que durante o governo do Jeová esteve representando a prefeitura nas ações com a Caixa, nós consideramos bastante proveitoso o fórum.”

Aserpa

Zezinho (esq.) durante prestação de contas do Programa de Saúde da Aserpa - Foto: Isabella Lima

O segundo Fórum Comunitário do dia foi solicitado pela Associação dos Servidores Públicos da Prefeitura e Câmara Municipal de Araxá (Aserpa), para prestação de contas do convênio de R$ 1,78 milhão firmado com a prefeitura em 2011, para a implantação de um programa de saúde para os servidores públicos municipais.

O presidente da associação, José dos Reis de Paula (Zezinho), detalhou a apresentação dos gastos mês a mês e mostrou que a verba está sendo bem aplicada. No Programa de Assistência à Saúde, criado com a verba do convênio, o associado paga apenas R$ 25 por consultas médicas e tem descontos também em exames laboratoriais e internações.

Zezinho disse ainda a partir de 60 dias os conveniados contarão com uma clínica odontológica gratuita.

De maio setembro de 2011 até maio deste ano foram cerca de 5,3 mil atendimentos, diz.

A Aserpa tem 1,2 mil associados – aposentados da prefeitura e do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Araxá (Iprema), contratados, concursados, comissionados, efetivos e pensionistas.

Notícias relacionadas