Super banner
Super banner

Projeto Verdugo repassa livros para entidades assistenciais de Araxá

Projeto Verdugo repassa livros para entidades assistenciais de Araxá

Fotos: Divulgação

Será realizado na noite de hoje (20), a partir das 19h, no Tribunal do Juri do Uniaraxá, o lançamento oficial do livro Verdugo, do juiz e escritor Renato Zupo. Na noite de ontem, na sede da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), o escritor fez a entrega de exemplares do livro para cinco entidades assistenciais da cidade: Apae, Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep), Fada, Lar Ebenézer e Recanto do Idoso São Vicente de Paulo.

Cada organização recebeu das mãos do autor e juiz de direito da comarca de Araxá, Renato Zupo, 26 exemplares para que elas possam comercializar e a renda das vendas ficará para cada entidade.  O repasse faz parte do Projeto Verdugo, que está sendo realizado pelo Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e apoio da Biocon.

Segundo o autor, esse foi um momento de extrema alegria dentro do cronograma de trabalho do projeto. “Escolhemos essa entidades com carinho e sabendo do quanto elas são idôneas e tem um trabalho respeitado em nossa cidade. São instituições que têm preocupação com a sociedade, com o nosso povo araxaense. Além desse repasse de exemplares, a renda das vendas de livros no lançamento que acontece nesta quarta-feira, no Uniaraxá, também vai ser destinada a essas instituições”, destacou.

Anderson Alves, representando o Consep, falou em nome das entidades beneficiadas e reforçou que agora, cada uma das pessoas envolvidas dentro de cada instituição beneficiada tem a missão de ajudar na divulgação do Projeto Verdugo. “Ficamos muito agradecidos ao doutor Renato por nos dar esse apoio tão precioso. Agora, cada um de nós vai trabalhar junto para divulgar esse projeto que já está fazendo sucesso em Minas Gerais toda e outras cidades desse Brasil”, finalizou.

Lançamento do livro Verdugo

Local: Tribunal do Júri no Uniaraxá.

Horário: 19h.

Entrada franca.

 

 

 

Notícias relacionadas