Saúde na Escola contempla 60 escolas públicas de Araxá

Saúde na Escola contempla 60 escolas públicas de Araxá

Promover saúde e prevenir doenças. Estes são os principais objetivos do Programa Saúde na Escola (PSE), uma parceria da Prefeitura de Araxá com os Ministérios da Saúde e da Educação, que busca estratégias para a integração e a articulação entre as políticas e ações, com a participação da comunidade escolar, das equipes de Atenção Básica e da Rede Pública de Educação.

O programa contempla 60 escolas municipais e estaduais de Araxá. O ciclo 2023 / 2024 aborda em salas de aula 14 tópicos distintos em torno do tema “Promoção à Alimentação Saudável e Prevenção da Obesidade Infantil e Saúde Bucal”. A novidade para este ciclo é a inclusão do tema Saúde Mental entre as discussões. Todas as temáticas são trabalhadas de acordo com a realidade de cada escola, sendo elas:

– Alimentação saudável e prevenção da obesidade;
– Promoção da atividade física;
– Promoção da cultura de paz e direitos humanos;
– Prevenção das violências e dos acidentes;
– Prevenção de doenças negligenciadas;
– Prevenção ao uso de álcool, tabaco, e outras drogas;
– Prevenção à Covid-19;
– Saúde ambiental;
– Saúde bucal;
– Saúde auditiva;
– Saúde ocular;
– Saúde mental;
– Saúde sexual e reprodutiva e prevenção do HIV/IST;
– Verificação da situação vacinal.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Cristiane Pereira Gonçalves, essa ação traz inúmeras vantagens para alunos e familiares. “O Programa Saúde na Escola facilita o acesso dos alunos aos profissionais da área. Encontrar nas crianças o acolhimento para essas linhas de cuidado é a certeza de integrar a educação e a saúde para elas e suas famílias. E o resultado desta integração reflete em crianças mais saudáveis e prontas para melhor aprender e crescer”, afirma.

A secretária municipal de Educação, Zulma Moreira, acrescenta que o Saúde na Escola transforma o aluno como um multiplicador de aprendizagem. “O programa visa o contato e a articulação permanente entre a Educação e a Saúde. Podemos dizer que é uma ação básica de prevenção à saúde da criança, e que atinge também a participação da família, uma vez que as crianças compartilham todos os saberes, tudo o que ela aprende na escola no sentido da criação de bons hábitos”, ressalta.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *