Super banner
Super banner

Sindicato dos Produtores Rurais realiza cadastro para requerimento do o CNA Card

Sindicato dos Produtores Rurais realiza cadastro para requerimento do o CNA Card

Marcelos Alves Ferreira, secretário-executivo do Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá

Um serviço opcional, de livre adesão, que permite ao produtor rural, com um pequeno custo anual, ter comodidade e praticidade, economizando tempo e deslocamentos para a realização de consultas e emissão de documentos. O Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá já está realizando os cadastros de solicitação do novo cartão do produtor rural, o CNA Card.

O projeto inovador da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) permite a emissão de documentos como Guia de Trânsito Animal (GTA), Permissão de Trânsito Vegetal (PTV), Certificado Fitossanitário de Origem (CFO) e Nota Fiscal via internet.

Além disso, o produtor que adquirir o CNA Card também poderá acessar convênios que concederão descontos em compras e serviços, eventos do setor agropecuário, cursos, treinamentos e outros benefícios. Ele está integrado com programas como Certificação Sisbov, Automação dos Processos de Manejo, Gestão em Tempo Real e Geoprocessamento.

Todo produtor rural, pessoa física ou jurídica, que fizer parte do Serviço Estadual de Defesa Agropecuária, pode realizar seu cadastro e requerer o cartão. Para isso, basta comparecer ao Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá ou acessar o site www.cnacard.com.br.

O secretário-executivo, Marcelo Alves Ferreira, explica que o CNA Card é um novo cartão do produtor elaborado pela CNA e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) em parceria com o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

“Esse cartão facilitará a vida do produtor rural. Hoje, para tirar uma nota fiscal ou a Guia de Trânsito Animal (GTA), o produtor deve procurar o IMA e depois o Sindicato Rural ou a Receita Estadual. Com o CNA Card, ele poderá fazer essa transação pela internet. Além das transações que o produtor já está acostumado a fazer, o cartão poderá ser utilizado em casas agropecuárias, farmácias, postos de gasolina e outros empreendimentos conveniados.”

De acordo com Marcelo, o CNA Card será semelhante a um cartão de crédito. “O nosso primeiro passo é oferecer a emissão de documentos com maior facilidade. Depois, a federação e o sindicato começarão a realizar os convênios com o comércio local. Esse serviço ainda não está disponível, mas futuramente será agregado”, afirma.

“Para requerer o cartão, o produtor deve procurar o Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá e realizar seu cadastro. Dentro de 30 dias, o cartão será enviado para a residência do produtor e ele voltará ao sindicato para desbloqueá-lo. O custo do cartão será cobrado de acordo com a quantidade de gado registrado no IMA. O produtor com até 100 cabeças de gado pagará uma taxa de anuidade de R$ 10; de 101 a 500 cabeças será R$ 50; acima de 501 cabeças o valor cobrado é de R$ 100”, explica o secretário-executivo.

Notícias relacionadas