Super banner
Super banner

Vereador Pezão e o assessor parlamentar Zezão têm alvará de soltura concedido

Vereador Pezão e o assessor parlamentar Zezão têm alvará de soltura concedido

Diário de ARaxá

O vereador José Gaspar “Pezão” (PMDB) e o assessor da Câmara Municipal, José Aureliano Santos Coimbra (Zezão), tiveram o alvará de soltura concedido nesta quarta-feira, 19. A Polícia Civil (PC) informou que os dois foram liberados por já terem colaborado com as investigações. Os vereadores Miguel Júnior (PMDB) e Sargento Amilton (PT do B) permanecem presos para que uma acareação seja realizada nesta quinta-feira, 20, pelos delegados Christiano Dib e Cézar Felipe Colombari e os promotores de justiça que acompanham o caso.

Apos os interrogatórios desta quarta-feira, 19, o presidente da Câmara Municipal, Miguel Júnior, retornou ao presídio regional onde permanecerá preso. O vereador Sargento Amilton seguiu para o 37o Batalhão de Polícia Militar, onde está aquartelado por ser policial militar aposentado. A ação faz parte das investigações do desvio de R$ 262 mil da Santa Casa de Misericórdia de Araxá provenientes de verba pública assinada quando Miguel Júnior estava na sua segunda interinidade no cargo de prefeito, em junho de 2014.

Segundo informações, os depoimentos dos suspeitos presos na Operação Desconfiança, deflagrada na última segunda-feira, 17, complicaram ainda mais a situação do presidente do Legislativo. Advogados envolvidos no caso conversaram com a imprensa na porta da delegacia e acreditam que a prisão preventiva do vereador Miguel Júnior pode ser decretada ainda hoje.

Com Araxá na Moral

Notícias relacionadas