Araxá Esporte empata com Mamoré em Patos de Minas

Araxá Esporte empata com Mamoré em Patos de Minas
Foto: Willian Tardelli

O Araxá Esporte cumpriu a sua segunda partida do Campeonato Mineiro do Módulo II. No estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, em Patos de Minas, o Ganso enfrentou muitas dificuldade, teve um gol anulado, perdeu três jogadores por contusão, mas conseguiu um empate heroico contra o Mamoré nesta quarta-feira, 17, pela 2ª rodada da chave A.

O confronto que, estava marcado o seu início para 20h30, atrasou em 12 minutos por falta de médico na ambulância e a remarcação das linhas do gramado devido a irrigação efetuada anteriormente.

Durante a bola rolando, os gols da partida foram assinalados no primeiro tempo com Mamoré saindo na frente. Aos 6 minutos, o lateral-direito André vacilou e perdeu a bola para Luizinho que, pela esquerda, fez o cruzamento para Evandro fazer o gol do Sapo Patense.

Os donos da casa sentiram o gosto de ficar no comando do placar por pouco tempo. Aos 8 minutos, Wanderson Bicudo fez boa jogada pela esquerda e cruzou na grande área para cabeceio certeiro do atacante Robinho deixando tudo igual em Patos de Minas.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, o treinador Luiz Eduardo teve que tirar Robinho, contundido, e colocar Diego em seu lugar.

No segundo tempo, a ambulância fez a bola parar de rolar. É que o veículo teve que se retirar do gramado para realizar atendimento ao atacante Tiago Perreira, substituído também por contusão. Até retornar ao estádio, a partida ficou paralisada por 20 minutos.

Quando a bola rolou de novo, mais problemas para o treinador Luiz Eduardo. O zagueiro Íkaro teve que sair mais cedo do campo por contusão e Helbert entrou em seu lugar.

No decorrer da etapa final, o Mamoré tentou pressionar o Araxá que passou a apostar nos contra ataques. Por volta dos 38 minutos, o árbitro Erik Geovanni Fernandes, em atendimento ao assistente Leandro Salvador da Silva, anulou o gol do Araxá e marcou impedimento no lance.

Essa marcação gerou muita reclamação por parte do time visitante, inclusive o treinador Luiz Eduardo dirigiu ao bandeirinha que apontou posição irregular na jogada e proferiu as seguintes palavras: “você conseguiu o queria, empatar o jogo”, segundo relata a súmula da partida.

Em algumas jogadas, o goleiro Cristiano fez defesas importantes que garantiram um ponto precioso fora de casa a favor do Ganso. Com esse empate, o Araxá é segundo colocado na chave A, só atrás do Uberaba, primeiro colocado, com 6 pontos, 2 a mais que o alvinegro.

O próximo compromisso alvinegro será também longe do torcedor. A equipe do Araxá Esporte enfrenta a Patrocinense, com duas derrotas em dois jogos, neste sábado, 20, às 16 horas, no estádio Júlio Aguiar, em Patrocínio.

O Mamoré jogou com: Cleisson; Bruno Leite, Júnior Campos, Gilson e Charles; Dinei (Alan Patrick), Nailson, Wander (Henrique) e Luizinho; Evandro e Kennedy (Gilberto). Treinador: Wallace Lemos

O Araxá Esporte empatou com: Cristiano; André, Íkaro (Helbert), Kaio Oliveira e Wanderson Bicudo; Maxsuel, Guilherme e Marcel; Robinho (Diego), Leozinho e Tiago Perreira (Carrara). Treinador: Luiz Eduardo Lima

Arbitragem: Erik Geovanni Fernandes, auxiliado por Leandro Salvador da Silva e Samuel Henrique Soares Silva

Fonte: Na Batida do Esporte

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: