Aumento do dólar leva brasileiro a gastar menos em viagens ao exterior

Aumento do dólar leva brasileiro a gastar menos em viagens ao exterior

O aumento da cotação do dólar levou à redução das despesas de brasileiros em viagens ao exterior. Com isso, em novembro, a conta de viagens internacionais (receitas de estrangeiros no Brasil menos despesas de brasileiros no exterior) fechou negativa em US$ 128 milhões, sendo que no mesmo período de 2007 o déficit era maior: US$ 369 milhões.

Neste mês, até o dia 19, o déficit na conta de viagens era de US$ 69 milhões. Com isso, o Banco Central (BC) revisou o saldo negativo da conta deste ano de US$ 6,2 bilhões para US$ 5,2 bilhões e o estimado para o próximo ano deUS$ 6 bilhões para US$ 1,5 bilhão.

“A depreciação cambial fez com que as despesas com viagens de brasileiros no exterior caíssem muitíssimo”, afirmou o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

Em novembro, os gastos ficaram em US$ 568 milhões, contra US$ 809 milhões do mesmo período de 2007. Neste mês, segundo os dados preliminares, o valor caiu ainda mais: está em US$ 385 milhões.

No mês passado, as receitas de estrangeiros no Brasil ficaram em US$ 440 milhões, o mesmo valor do mesmo período de 2007. Neste mês, essas receitas estão em US$ 316 milhões. 

Notícias relacionadas