Caiçara goleia Operário de virada

Caiçara goleia Operário de virada

13/09/09 – Muita rivalidade em campo na manhã de hoje, na AEF, no clássico entre Caiçara e Operário, pela segunda rodada da segunda fase do Campeonato Amador. O Operário saiu na frente com um gol relâmpago, mas o Colorado soube tocar a bola, dominou a partida e saiu de campo goleando por 4 a 1, com direito a dois gols de Vertinho. O clássico ainda teve três expulsões, Elvinho, Paulo e Fabrício foram mais cedo para o chuveiro.

Grupo par
> Classificação

>Tabela de jogos

Grupo ímpar
> Classificação
> Tabela de Jogos

Virada do Caiçara

Nem bem a partida começou e a torcida do Operário já estava comemorando. Aos 3 minutos, Vitinho aproveitou bem uma cobrança de falta de Bruno, contou com o vacilo da defensiva colorada e chutou rasteiro no canto direito de Derson, que não pôde fazer nada.

Depois do gol o Operário se recuou muito, só contou com Adenílson isolado na frente, e teve dificuldades de encaixar bons contra-ataques, uma vez que o Caiçara foi para a pressão em busca do empate.

O Caiçara até que empatou, aos 10 minutos, mas a arbitragem acabou anulando o gol de Elvinho, que estava impedido no momento em que tocou a bola para gol. O gol que valeu e foi um golaço foi de Rildo. Aos 35 minutos ele cobrou falta na entrada da área, com extrema categoria, no ângulo esquerdo de Lobinho, que foi mas não achou nada.

Sete minutos depois, o Colorado que já dominava as ações da partida conseguiu a virada com Vertinho. O camisa 10 recebeu a bola pela direita, partiu para cima da marcação e chutou para gol, a bola ainda desviou na zaga e matou Lobinho no lance. Caiçara 2 a 1.

Expulsões e mais dois do Colorado

Caiçara e Operário ficaram com um jogador a menos cada aos 3 minutos do 2° tempo. Elvinho e Paulo se entranharam e o árbitro João Mariano (Bozó) mandou os dois mais cedo para o chuveiro.

Com a falta de Paulo na defensiva, o Operário ficou com a zaga desprotegida e deu muito espaço para as investidas do adversário, que não teve dificuldades em balançar a rede por mais duas vezes. O primeiro com Vertinho chutando forte e rasteiro, da entrada da área, no canto esquerdo de Lobinho, aos 14.

E o segundo, com o próprio Vertinho sofrendo o pênalti e o capitão William indo para a cobrança. O camisa 6 do Caiçara não pegou bem na bola, mas Lobinho não chegou a tempo e William comemorou o quarto do Colorado, selando a goleada em vermelho e branco.

Aos 42 minutos, ainda teve tempo de Fabrício se complicar com a arbitragem no momento em que seria substituído por Fabinho e ser expulso.

Ficha técnica

Caiçara: Derson, Cowboy, Amarildo, Hélio e William (Ricardo); Dedé, Fabrício, Geovani (Walton) e Vertinho (Walison); Rildo (Tião) e Elvinho.
Treinador: Edvaldo Pelanca.

Operário: Lobinho, Dinho (Léo Mamão), Paulo, Expedito (Cláudio) e Dione; Gilmar (Pablo), Amaral, Vitinho, André e Bruno; Adenílson.
Treinador: Zezé.

Árbitro: João Mariano Andrade.
Auxiliares: Noel Pereira França e Moacir Pereira.

Gol do 1º tempo: Vitinho, aos 3 minutos; Rildo, aos 35, e Vertinho, aos 42.
Gols no 2º tempo: Vertinho, aos 14 minutos, e William, aos 27.

Cartões amarelos: Dedé, Walton e Geovani (Caiçara); Léo Mamão, Gilmar, Adenílson, Vitinho e Amaral (Operário).
Cartões vermelhos: Elvinho e Fabrício (Caiçara); Paulo (Operário).

Notícias relacionadas