Candidato aprovado no PEP já pode consultar local, dia e horário de matrícula

Candidato aprovado no PEP já pode consultar local, dia e horário de matrícula

Da Redação – Os cerca de 30 mil candidatos classificados para a 6º edição do Programa de Educação Profissional (PEP) já podem consultar o seu dia de matrícula e a instituição de ensino na qual deverá se matricular. A consulta pode ser feita pelo site da Secretaria de Estado de Educação (SEE) ou no ambiente virtual do programa. As matrículas deverão ser feitas a partir do dia 23 de janeiro.

Para consultar o local, horário e o dia de matrícula o candidato deve clicar no link do resultado do exame e informar o número do CPF. Nesse link irá aparecer o endereço da instituição e os documentos necessários no ato da matrícula.

Em sua 6ª edição, o PEP ofereceu 30 mil vagas em 60 cursos técnicos gratuitos. Os cursos estão distribuídos em 123 municípios mineiros, dentre eles, Araxá.

Documentos necessários para matrícula

Para se matricular no curso, o aprovado deve se dirigir à instituição de ensino credenciada, munido de histórico escolar, comprovando a escolaridade requerida para ingresso no PEP, ou declaração de conclusão do ensino médio (validade 30 dias); declaração de frequência, assinada pelo diretor ou representante da escola estadual, se o candidato estiver regularmente matriculado no 2º ou no 3º ano do ensino médio, ou 1º ou 2º ano do curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA), na modalidade presencial; certidão de nascimento ou casamento; CPF; carteira de identidade; título eleitoral e comprovante de quitação com o serviço eleitoral, para maiores de 18 anos; comprovante de quitação com o serviço militar, se maior de 18 anos – sexo masculino; uma foto 3×4 recente, e comprovante de residência.

Programa de Educação Profissional

Criado pelo governo de Minas em 2007, o PEP oferece oportunidade de capacitação profissional gratuita aos jovens mineiros. Com a 6ª edição, o programa ultrapassa a marca de 200 mil estudantes atendidos. O investimento total chega a R$ 569 milhões.

Os cursos do PEP são oferecidos em escolas credenciadas (sistema S e particulares), em escolas públicas conveniadas e em escolas da rede estadual. Essas instituições formam a Rede Mineira de Formação Profissional Técnica de Nível Médio.

Com Agência Minas

Notícias relacionadas