Inadimplência de IPTU é de 65% e arrecadação é a menor dos últimos anos

Inadimplência de IPTU é de 65% e arrecadação é a menor dos últimos anos

A Prefeitura de Araxá começa a sentir os efeitos da crise econômica do país. A inadimplência do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em 2015 alcançou a marca de 65% e é a maior dos últimos anos. Foi lançado um montante de quase 53 mil carnês, o que corresponde a R$ 15 milhões. O município esperava receber cerca de R$ 10,5 milhões e arrecadou pouco mais de R$ 5 milhões, o número é o menor dos últimos anos.

 

Em 2012, a administração municipal arrecadou um total de R$ 8 milhões e registrou uma inadimplência de 30%, índice registrado também em 2013 e 2014, quando a estimativa de arrecadação era de R$ 11 milhões. Neste ano, o reajuste do imposto, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA – Especial), foi de 6,44%.

 

De acordo com o prefeito Aracely de Paula (PR), a arrecadação não chegou a 50% do montante total de carnês lançados. “Vamos programar uma campanha educativa junto à população para que aqueles tributos que são devidos ao município (IPTU, ISS, IPVA) sejam quitados até o fim do ano. Gostaríamos que as pessoas que deixaram ou esqueceram de cumprir com seus deveres com o município pague esses impostos, sem que seja preciso qualquer ação coercitiva. Sabemos que existe uma camada da população que não paga porque não pode, mas o índice de inadimplência neste ano é superior ao de anos anteriores. Esperamos uma conscientização da população”, destaca o prefeito.

Araxá Na Moral 

Notícias relacionadas