Super banner
Super banner

Mantenedora comemora recuperação financeira do Uniaraxá

Mantenedora comemora recuperação financeira do Uniaraxá

Wagner de Freitas, Válter Gomes e alunos de Fisioterapia e Agronomia

Da Redação/Isabella Lima – Em março de 2011 tomava posse a atual diretoria da Fundação Cultural de Araxá. O conselho diretor foi escolhido pela comunidade após a prefeitura romper vínculos com a instituição. Na época, segundo a diretoria, a FCA acumulava R$ 1,2 milhão em dívidas e a folha de pagamento representava 90% da receita. Um ano depois, a FCA celebra a recuperação financeira.

O presidente da FCA, Wagner de Freitas Oliveira, conta que o saldo positivo de R$ 120 mil alcançado em seu primeiro ano na diretoria da fundação foi resultado de muito planejamento e redirecionamento de recursos.

Ele diz que entre as medidas adotadas houve redução de 25% na folha de pagamento (cerca de R$ 100 mil/mês) e intensificação das campanhas de vestibular (do Uniaraxá, mantida pela FCA), resultando no aumento da quantidade de alunos.      

“Foi uma série de mudanças ao longo do ano, mas sem mexer na qualidade de ensino. Nenhum professor foi cortado, só gente da parte administrativa”, explica.

O reitor do Uniaraxá, Válter Gomes, diz que a instituição está preparada para a retomada do crescimento e comemora a quitação das contas com o lançamento do curso de Engenharia Civil a partir do próximo semestre.

“Estamos com uma pesquisa em andamento para decidir os novos cursos que vamos oferecer nos próximos anos. A ideia é abrir um curso novo a cada ano.”

O Uniaraxá conta atualmente com 2.429 alunos em 14 cursos de graduação, todos com aval do Ministério da Educação (MEC).

Notícias relacionadas