Prefeitura inicia reforma da Unileste

Prefeitura inicia reforma da Unileste

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou um levantamento para o início da reforma da Unidade Integrada de Saúde do Setor Leste (Unileste), situada no bairro Santo Antônio, na manhã de hoje (5).

A avaliação foi feita pelos secretários Antônio Marcos Belo (Saúde) e João Bosco Borges (Desenvolvimento Urbano) e engenheiro civil Tadeu Junqueira Unes, da empresa responsável pela reforma.

De acordo com Antônio Belo, a Unisul e Unisa também serão reformadas após o término das obras na Unileste, previsto para 120 dias.

“Começamos pela Unileste porque ela precisa de uma manutenção mais urgente. Temos uma série de vazamentos, reestruturação das salas de atendimento, além da implantação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família, um ganho muito grande para que a comunidade tenha acesso a outros tipos de atendimento que hoje não existem”, afirma o secretário, que também avalia a possibilidade da Unileste contar com atendimento de fisioterapia.

Antônio Belo acrescenta que os atendimentos não serão paralisados durante a reforma, que será feita por setores.

João Bosco diz que as obras estão orçadas em R$ 145 mil e serão custeadas através de verba do governo federal. “É um prédio que foi construído há 15 anos e hoje já não suporta a demanda. Em breve, teremos todas as UNIs adaptadas às reais necessidades.”

Unisudoeste

Antônio Belo afirma que o município já conta com verba de R$ 400 mil do governo do Estado (Saúde em Casa) para a construção da Unisudoeste, que também vai abrigar os Programas Saúde da Família (PSFs) Boa Vista (já existente) e São Domingos. Ele diz que as obras estão previstas para setembro próximo.

“O projeto da Unisudoeste deve ser entregue ao governo até o dia 20 de junho para que seja avaliado e em setembro as obras devem ser iniciadas. Em breve, vamos trabalhar os bairros Novo Orozino e Ana Antônia, além do Pedro Pezzuti e Santa Terezinha, para que tenham unidades de saúde e PSFs.”

Notícias relacionadas