Ricardo Zema Guimarães desiste do pleito à Assembleia Legislativa

Ricardo Zema Guimarães desiste do pleito à Assembleia Legislativa

O empresário Ricardo Zema Guimarães desistiu de sua candidatura a deputado estadual pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN), no qual é presidente da Comissão Provisória. Em carta enviada ao Diário de Araxá, ele diz que a legenda terá dificuldades em atingir o coeficiente eleitoral (votação para viabilizar eleição de representação política).

Ele diz que torce para que Araxá tenha um candidato eleito, mas que irá apoiar o que reunir as qualificações que ele julgar necessária para ser eleito.

“Sendo assim, quero comunicar que deixo de lado meu sonho pessoal em favor do sonho maior de nossa comunidade, quer seja, a eleição de um representante de Araxá para a Assembleia Legislativa.

Confira a carta na íntegra

Carta aberta ao povo de Araxá

Pensando em Araxá e na sua premente necessidade de representatividade política na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, me coloquei à disposição para candidatar a deputado estadual pelo PTN – um partido ainda pequeno, mas suficientemente grande para abrigar bons propósitos.

Considerando, posteriormente, que a coligação proposta por esta legenda terá dificuldade em atingir o coeficiente eleitoral – ou seja, atingir votação que viabilize a eleição de representação política – optei por Araxá;

Sendo assim, quero – publicamente – comunicar que deixo de lado o meu sonho pessoal em favor do sonho maior de nossa comunidade, quer seja, a eleição de um representante de Araxá para a Assembleia Legislativa.

Ao anunciar minha desistência dessa postulação, sem indicar nome para essa eleição, quero agradecer a todos que me estimularam na pré-campanha e concitar o apoio a um candidato que reúna as qualificações que julgo necessárias para se eleger no próximo mês de outubro.
 
Araxá merece o nosso respeito e por isso precisa no Legislativo mineiro de representatividade política comprometida com a ética, com a nossa dignidade e com os interesses da nossa terra e da nossa gente.

Muito obrigado,

Ricardo Zema Guimarães

Notícias relacionadas