Vereador questiona situação da Santa Casa e relata situação precária do Canil

Vereador questiona situação da Santa Casa e relata situação precária do Canil

O vereador Mauro Chaves (PDT) destaca a importância de a Câmara Municipal fiscalizar os recursos que foram repassados à Santa Casa de Misericórdia de Araxá. Para ele, a função dos vereadores não deve ser a de, simplesmente, acusar os erros cometidos, mas também não podem defender atuais e antigos gestores do hospital, sem saber qual a conduta deles quando o assunto é o dinheiro público. “Nós temos que ser imparciais”, disse.

Mauro afirma que é preciso ter paciência para levantar provas, independente do tipo do crime praticado. Para ele, o trabalho da Comissão de Saúde da Câmara Municipal é extremamente importante, já que ela buscará informações sobre a maneira que os recursos foram empregados. “Nós somos sim um órgão de investigação, mas ninguém vai ficar instaurando CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) aleatoriamente. Temos que ter serenidade para conduzir esses problemas e descobrir o que está acontecendo lá”, destacou.

Canil Municipal

Mauro comentou ainda sobre a visita realizada no início da semana, por ele e pelos vereadores Romário do Picolé, ao Canil Municipal. Segundo ele, os animais estão bem cuidados e saudáveis e o espaço também está limpo, graças ao serviço prestado pelos dois servidores municipais que trabalham no local, porém o local não tem boas condições e está passível de interdição.

“Os servidores sofrem ali, não tem condições de higiene. Não tem banheiro, cozinha misturada com depósito de remédios. É desumano o que vimos lá”, alerta. Ainda, segundo ele, a Comissão Especial que avalia o caso, formada por ele, pelo vereador Romário e Alexandre dos Irmãos Paula, vai analisar o caso, fazer um relatório e apresentá-lo para que as devidas providências sejam tomadas pelas autoridades competentes.

Notícias relacionadas