Araxá alcança meta em todas as faixas etárias da vacinação contra pólio e sarampo

Araxá alcança meta em todas as faixas etárias da vacinação contra pólio e sarampo

De acordo com o balanço apresentado pela Administração Municipal, através da Secretaria de Saúde, a Campanha de Vacinação contra Pólio e Sarampo atingiu êxito em todas as faixas etárias compreendidas entre um ano e menores de 5 anos de idade. Araxá já havia superado o número de 5.023 crianças vacinadas até o dia 30 de agosto, porém a campanha foi prorrogada devido ao município não ter conseguido superar a meta de 95% de cobertura vacinal preconizada pelo Ministério da Saúde como índice ideal de imunização para todo o país.

Com a prorrogação, o município conseguiu superar essa meta e imunizou 1.466 crianças menores de um ano contra sarampo (95,07%), e 1.470 no combate à pólio (95,33%), portanto, a campanha foi considerada como encerrada em Araxá.

Nas outras faixas etárias, os números registradas são considerados excelentes e mantém a tradição da cidade em superar as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde. Em relação à poliomielite, os índices foram de 129,50% de cobertura vacinal, traduzido em 1.510 imunizações para crianças de 2 anos, 121,73% que significa aplicação de 1.406 doses na faixa etária de 3 anos, e 121,03%, ou seja, 1.404 imunizados referente às crianças de 4 anos.

Para o sarampo, os índices de imunizações traduziram em 128,56%, 1499 doses aplicadas às crianças de 2 anos, 123,81%, ou seja, 1430 crianças de 3 anos, e 122,16% de imunizados de 4 anos referente a 1.417 crianças dessa faixa etária.

Marcela Mesquita, coordenadora do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, avalia positivamente esses números e ainda relata que, ao todo, 5.790 crianças (115, 27% de cobertura vacinal contra poliomielite) e 5.812 (115,71% de cobertura vacinal contra sarampo) foram imunizados. “Sempre estamos buscando alcançar ou superar as metas de vacinação do Ministério da Saúde. As Unidades Básicas de Saúde estão de portas abertas para o cidadão atualizar o cartão de vacina”, observa.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *