Araxá implanta três projetos de Auxílio Natalidade para mulheres carentes

Araxá implanta três projetos de Auxílio Natalidade para mulheres carentes



Gravidez, parto e nascimento com saúde, qualidade de vida e bem-estar. Mulheres em vulnerabilidade social já podem ter acesso a três importantes projetos de Auxílio Natalidade realizados em Araxá. Os programas foram viabilizados pela Prefeitura de Araxá, por meio de recursos próprios aportados no Fundo Municipal de Assistência Social, e visam atendimentos de saúde e assistência social, desde a gestação até os primeiros meses de vida dos bebês.

Os projetos são desenvolvidos pela Fundação de Assistência à Mulher Araxaense (Fama), Centro de Atendimento Múltiplo dos Talentos de Araxá (Camta) e Obras Sociais Eurípedes Barsanulfo.

A adesão ao benefício pode ser feita na Rede Municipal de Assistência Social – Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e Núcleos de Convivência.

O projeto “Cegonha Amiga”, desenvolvido pela Fama, oferece atendimentos de incentivo ao aleitamento materno. O objetivo é informar e preparar a mulher (gestante, puérpera ou lactante) para uma maternidade responsável e segura. O programa também concede kits de enxoval para o recém-nascido e impacta economicamente e socialmente as famílias participantes.

Já o projeto “Projeto Bem Me Quer Baby”, desenvolvido pelo Camta, promove a humanização da assistência pré-natal, parto e nascimento, por meio de orientação profissional das gestantes e seus familiares. As ações destacam a importância de seguir as recomendações médicas, as vacinas, hábitos saudáveis e demais cuidados relacionados ao período da gestação. O programa também concede kits de enxoval para o recém-nascido.

Para a preparação das futuras mães, a entidade Obras Sociais Eurípedes Barsanulfo implantou o projeto “Maternidade e Luz”. A proposta é capacitar gestantes carentes e proporcionar a doação de kit enxoval para bebê. A educação em saúde de gestantes é fundamental, principalmente, no atendimento de mulheres em primeira gestação, pois promove conhecimento, constrói vínculos e o autocuidado.

De acordo com a secretária municipal de Ação Social, Cristiane Gonçalves Pereira, as inscrições podem ser feitas pela Rede Municipal de Assistência Social. “Esses três importantes projetos foram viabilizados por meio do Fundo Municipal de Assistência Social. Uma política pública implantada pelo prefeito Robson Magela que vai garantir assistência a um público que não era atendido de maneira sistemática. Por isso, toda nossa rede está preparada para receber e orientar as mulheres que estão aptas a participar dos programas”, destaca.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x