Super banner
Super banner

Araxá joga bem, mas sofre a virada do Cruzeiro

Araxá joga bem, mas sofre a virada do Cruzeiro

Foto: Willian Tardelli

Neste domingo (10), o Araxá jogou bem contra o Cruzeiro, mas saiu derrotada pela quarta vez seguida no Campeonato Mineiro. O Ganso fez 1 a 0 na primeira etapa, só que a Raposa aproveitou quando ficou com um jogador a mais e venceu por 3 a 2.

Agora o Ganso enfrenta o Villa Nova, próximo sábado, às 17h, no Fausto Alvim.  Já o líder Cruzeiro enfrenta o Boa, em Varginha, no domingo.

Com gol de estreante, Ganso saiu na frente

No primeiro tempo, o Araxá teve as melhores oportunidades de marcar. Nos primeiros cinco minutos, Cruzeiro e Araxá tentaram inaugurar o placar. Pelo lado azul, Diego Souza recebeu passe de Everton Ribeiro e chutou fraco. O alvinegro chegou com Evandro que mandou por cima do travessão. Aos 12 minutos, o Ganso voltou ao ataque com Evandro mais uma vez. Ele bateu rasteiro no canto para defesa do goleiro Fábio.

Os donos da casa chegaram novamente com perigo. Fabiano cruzou para área, a bola foi dominada por Fabrício Carvalho, mas sobrou para Osvaldir que chutou por cima do travessão. Aos 19 minutos, em jogada individual, Evandro passou pelo zagueiro Nirley e bateu para grande defesa de Fábio. Aos 24 minutos, a Raposa retornou ao ataque em escanteio batido que a bola sobrou para Paulão bater a esquerda do gol do Araxá.

Aos 40 minutos, a zaga do Araxá deixou espaço na entrada da área para Everton Ribeiro arriscar o chute de fora da área. A bola foi no canto e o goleiro Marcelo Cruz fez um toque esquisito mandando para escanteio.

Aos 44 minutos, Fábio se atrapalhou em uma dividida com Evandro e a bola sobrou para Fabrício Carvalho. Ele bateu no canto e Nirley salvou em cima da linha. Na sequência, o Ganso foi premiado com gol. Em escanteio batido pela direita, Rodrigão Paulista subiu de cabeça para abrir o placar em sua estreia na equipe. O time cruzeirense reclamou de uma falta do zagueiro araxaense em cima de Leandro Guerreiro na hora do cabeceio, mas o gol foi validado pelo árbitro Cleisson Pereira Veloso.

Raposa virou e mantém liderança

O Ganso não diminuiu o ritmo e logo no primeiro minuto assustou a Raposa. Bruno Moreno recebeu pela direita e, dentro da área, bateu cruzado para defesa do goleiro Fábio. Em busca do empate, o Cruzeiro começou em cima do Araxá, mas finalizou pela primeira vez no segundo tempo aos 12 minutos na cabeçada de Paulão por cima do gol.

Três minutos depois, o Ganso acabou perdendo o jogador Carlão. Ele recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso após falta na lateral direita. A partir daí, o Cruzeiro colocou Borges e Élber na equipe, deixando o time mais ofensivo. Logo aos 17 minutos, Borges girou sozinho na área e bateu para defesa de Marcelo Cruz. Como no gol do Araxá, o empate saiu em jogada de bola aérea. Bola cruzada em escanteio, Nirley desviou no meio da área e Paulão chutou forte deixando tudo igual no marcador.

Aos 20 minutos, veio a virada do time azul para deixar o Fausto Alvim calado. Em ataque rápido, Diego Souza fez o toque para Borges que bateu na saída do goleiro Marcelo Cruz. O Ganso se lançou ao ataque e conseguiu um pênalti quando Fabrício Carvalho recebeu falta de Nirley. Na cobrança, o atacante alvinegro empatou a partida em 2 a 2 aos 23 minutos.

A comemoração do Araxá durou apenas cinco minutos. Borges, mais uma vez, decidiu a favor do Cruzeiro. Após chute cruzado de Diego Souza, o goleiro Marcelo Cruz rebateu nos pés do artilheiro azul. Ele só teve o trabalho de empurrar para o gol.  

A Raposa se manteve no comando do placar e conseguiu a sua quarta vitória no Campeonato Mineiro, em cinco jogos, com 13 pontos. Já o Araxá, sofreu a sua quarta derrota, segunda seguida no Fausto Alvim, mas saiu aplaudido pela atuação contra o Cruzeiro. O time continua fora da zona de rebaixamento, mas tem apenas 3 pontos.

Dispensas 

O atacante Diego Lira e o meia Tiago Marin foram dispensados pela diretoria e não fazem mais parte do elenco alvinegro. 

Ficha técnica:

Araxá: Marcelo Cruz; Rodrigão Mineiro, Rodrigão Paulista e Carlão; Osvaldir, Balduíno, Bruno Moreno (Roberto Jacaré), Evandro (Michel Cury), Breitner (Bruno Matavelli) e Fabiano; Fabrício Carvalho. Treinador: Flávio Lopes.

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Paulão, Nirley e Everton (Luan); Leandro Guerreiro, Nilton, Everton Ribeiro e Diego Souza; Dagoberto (Elber) e Vinícius Araújo (Borges). Treinador: Marcelo Oliveira.

Cartões amarelos: Bruno Moreno, Carlão, Evandro e Rodrigão Paulista (Araxá); Everton (Cruzeiro).

Cartão vermelho: Carlão (Araxá)

Arbitragem: Cleisson Pereira Veloso, auxiliado por Marcus Vinícius Gomes e Frederico Soares Vilarinho.

Público: 5.000

Renda: R$ 186.000,00

Notícias relacionadas