Super banner
Super banner

Araxá perde mais uma em casa

Araxá perde mais uma em casa

Foto: Caio Aureliano

DA REDAÇÃO – Neste sábado (30), a torcida do Araxá Esporte foi ao estádio municipal Fausto Alvim com a esperança de assistir a equipe voltar a vencer no Campeonato Mineiro para sair da zona de rebaixamento, mas o que viu foi a sétima derrota seguida do Ganso e o “fantasma” da segunda divisão se tornar cada vez mais real.

Com gols de Mateus, Júnior Negão e Joilson, o Tombense fez 3 a 0 deixando os 2 mil torcedores irem pra casa com mais uma derrota do Ganso no Campeonato Mineiro.

Para tentar se recuperar, o Ganso joga fora de casa contra o Tupi, em Juiz de Fora, no próximo sábado às 16h, pela 9ª rodada. Já o Tombense enfrenta o Guarani na Arena do Calçado no mesmo dia, às 17h.

Araxá criou, mas saiu derrotado no primeiro tempo

Nos primeiros 45 minutos de jogo, o Araxá Esporte fez o goleiro Glaicon trabalhar. Aos 18 minutos, na cabeçada de Fabrício Carvalho, o goleiro defendeu no canto esquerdo. Na sequência, outra cabeçada contra o gol do Tombense, desta vez de Evandro, mas com o mesmo desfecho do lance anterior.

Aos 24 minutos, o Araxá assustou não pelo alto e sim na finalização de longa distância. Bruno Moreno arriscou chute de fora da área, a bola bateu no travessão, nas costas de Glaicon e sobrou para Michel Cury empurrar na rede, mas o gol não foi validado por posição irregular segundo a arbitragem.

O Tombense também criou algumas oportunidades, mas não obrigou o goleiro Fernando Pompéu a fazer nenhuma defesa até aos 40 minutos. De tanto ser presente no campo de ataque e não saber aproveitar as chances, o Araxá levou o gol no contra-ataque. No erro de passe do lateral-esquerdo Fabiano, o Tombense interceptou a jogada, a bola foi para Betinho que a rolou para chute de Mateus sem chances para Pompéu.

O Araxá continuou no campo de ataque e armou a última jogada do primeiro tempo com Fabrício Carvalho rolando para finalização de Evandro por cima do travessão.

Tombense aumenta vantagem

O segundo tempo começou com Ganso em cima, só que a pontaria não estava calibrada. A equipe do Tombense aproveitou dos erros individuais do Ganso e construiu o placar. Aos 13 minutos, em mais um erro de passe no ataque do Araxá, desta vez com Rafael Ipuã, Adeilson arrancou pela direita, chegou a linha de fundo e fez o cruzamento para Júnior Negão aumentar para 2 a 0. Após reclamação com o juiz, o Ganso ainda teve Dudu Araxá expulso.

Se com 2 a 0, a situação do Araxá estava difícil, imagina com uma goleada. Aos 18 minutos, Joilson saiu na cara do gol e tirou de Pompéu estabelecendo 3 a 0 no marcador. Como protesto, parte da torcida foi embora e ainda fazia “olé” quando o Tombense tocava a bola.

O Araxá se fazia mais presente no campo de ataque e errava muitos passes proporcionando ao Tombense os contra-ataques. Os visitantes não fizeram um placar mais elástico por conta de seu sistema ofensivo que não soube finalizar as jogadas e também por causa das defesas de Pompéu.

Com a derrota, o Araxá continua na 11ª colocação com 3 pontos, e o Tombense, é 4° lugar com 13 pontos.

Após mais um resultado negativo, o treinador Flávio Lopes pediu demissão e não é mais técnico do Araxá Esporte.

Ficha técnica

Araxá: Fernando Pompéu; Osvaldir (Ceará), Rodrigão Paulista, Carlão e Fabiano; Dudu Araxá, Bruno Moreno, Rafael Ipuã e Michel Cury (Leandrinho); Evandro e Fabrício Carvalho (Leandrinho).

Treinador: Flávio Lopes.

Tombense: Glaicon; Ari, André, Ramon e Guilherme Lazaroni; Mateus, Joilson (Beto), Betinho (Tiago Azulão) e João Guilherme; Júnior Negão e Adeilson (Eder Luiz).

Treinador: Marcelo Cabo.

Gol no primeiro tempo: Mateus aos 40 minutos.

Gols no segundo tempo: Júnior Negão aos 11 e Jolison aos 18 minutos.

Cartões amarelos: Carlão, Fabiano e Dudu Araxá (Araxá); Adeilson (Tombense).

Cartão vermelho: Dudu Araxá (Araxá)

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Marcio Eustáquio Santiago e Ricardo Vieira Rodrigues.

Renda: R$ 15.350.

Público: 1.911 pagantes.

Notícias relacionadas