CBMM realizará novos testes de sirenes nesta semana

CBMM realizará novos testes de sirenes nesta semana

A CBMM realizará, no próximo dia 3 de dezembro, novos testes nas sirenes instaladas em sua propriedade. Nesta semana, a atividade ocorrerá em função da implantação do processo de automatização do acionamento das sirenes. O objetivo deste processo é garantir ainda mais eficiência ao funcionamento do sistema de alerta de emergência em barragens. Vale destacar que não será necessário qualquer deslocamento de colaboradores da Companhia ou pessoas da comunidade.

A CBMM possui 6 sirenes com capacidade de promover alerta de emergência, de forma rápida e eficaz, na área denominada “Zona de Autossalvamento-ZAS”. O Plano de Ação de Emergência para Barragens da empresa, prevê que, no caso de uma eventual situação que exista o risco de ruptura, as sirenes sejam ativadas para alertar a população potencialmente afetada. 

A CBMM reafirma que todas as suas barragens estão com condições estáveis, inclusive com fatores de segurança acima dos recomendados pelas normas técnicas e exigidos pela legislação vigente. A Companhia possui uma equipe técnica especializada para a gestão de suas Barragens, composta por engenheiros, técnicos e profissionais capacitados que cuidam da segurança de todas as fases da vida útil destas estruturas.

As barragens passam por verificações técnicas periódicas, monitoramento em tempo integral, 24 horas por dia, durante os 7 dias da semana, e manutenções constantes, visando garantir o desempenho esperado e as condições de segurança. 

Vale ressaltar, também, que a CBMM está atenta ao atual cenário envolvendo a Covid-19 e que os testes serão efetuados seguindo as medidas de prevenção estipuladas pelo Comitê de Contingência da doença, bem como as normas estabelecidas pelos órgãos de saúde. Mais do que cumprir as legislações vigentes, a CBMM reforça o seu compromisso com a comunidade de Araxá e trabalha de forma proativa, junto aos órgãos competentes, na Gestão de Segurança de suas Barragens e no combate ao novo coronavírus.  

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x