Ensaios do Clube do Samba no Museu Memorial são abertos ao público

Ensaios do Clube do Samba no Museu Memorial são abertos ao público

Com o projeto “Valores do Samba”, o grupo vai promover ações pela valorização do samba, dos sambistas e dos compositores.

 

O projeto “Valores do Samba” é promovido em Araxá e vai contribuir com o resgate do estilo musical que faz parte da história da cidade. Com ele, a Administração Municipal, através da Fundação Cultural Calmon Barreto, disponibiliza a partir deste mês, o Museu Memorial de Araxá para os ensaios semanais dos integrantes do Clube do Samba. Na parceria serão promovidas apresentações de acordo com o calendário de eventos e os ensaios abertos ao público acontecerão às terças-feiras, das 20h às 21h30.

O Clube do Samba de Araxá é uma entidade da sociedade civil, que nasceu a partir do interesse de valorizar o samba, os sambistas e os compositores, se constituindo em um elemento de agregação e união entre os músicos. O projeto surgiu do movimento criado pelos sambistas de Araxá para valorizar esse gênero musical, motivado pelo pequeno espaço destinado aos artistas de samba em função do crescimento de outros ritmos.

A primeira apresentação do Clube do Samba ocorreu no Carnaval de Araxá, em 2015.  Entre as atividades já realizadas, destacam-se a participação nas comemorações dos 150 anos de Araxá, em 2016, o evento de homenagem aos grandes nomes do samba de Araxá e o FestNatal de 2017.

O coordenador do Clube do Samba, Danilo Duarte Campos, conta que o objetivo é resgatar e abrir espaço para a cultura não se perder. Ele explica que o clube não é um grupo fechado, são músicos que reúnem para ensaiar e fazer repertório. Tocam pagode, sertanejo e gostam de fazer o samba. Fazem apresentações em vários formatos como ensaios, homenagens, especial de grupos (Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, etc.).

Danilo acrescenta que os ensaios no Museu Memorial serão um encontro, uma coisa bem informal, aberto a pessoas que gostam de ouvir samba, aos músicos e compositores.  “Queremos agregar pessoas que gostam de samba para termos mais espaço. Os amantes do samba não têm lugar fixo para se encontrar, queremos resgatar a história, promover uma reunião de amigos e conhecidos. Como tem grupos de chorinho e seresta queremos conquistar espaço para o samba, gênero musical que não se encontra em qualquer lugar” ressalta.

O Museu Memorial de Araxá fica localizado na Avenida Antônio Carlos, 116, esquina com a Rua Capitão José Porfírio, no Centro.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *