Golpistas são presos pela Polícia Militar

Golpistas são presos pela Polícia Militar

Na noite de ontem (28), durante operação policial no bairro Santa Rita, a Polícia Militar visualizou uma motocicleta com faróis apagados transitando em atitude suspeita. A Polícia Militar iniciou a perseguição policial, obrigando o condutor a encostar. O autor P.H.A.T. (24 anos) foi abordado na rua Honório de Paiva Abreu, bairro Jardim Bela Vista. Com ele foram localizados três cartões de crédito em nome de terceiros, já em sua residência foi apreendida uma nota falsa no valor de R$ 100, uma máquina de cartão crédito e dois cartuchos carregados calibre 22.

O autor alegou que participa de grupos de WhatsApp para comercializar dados bancários de terceiros e que ele agia juntamente com os autores H.W.C. (47 anos) e M.L.R.V. (25 anos).

Após rastreamentos, o autor H.W.C. foi abordado no pátio de um posto de combustíveis e confessou que comprou R$ 1000, em notas falsas, por R$ 250 reais via depósito bancário.

Na residência de H.W.C. foi encontrado o montante de R$ 500 em notas falsas.

O autor M.L.R.V. foi abordado no seu local de trabalho, na av. Prefeito Aracely de Paula, o qual confirmou a versão do autor P.H.A.T., onde ambos solicitavam segunda via de cartões de crédito de terceiros para compras pela internet e saque em caixas bancários.

Com ele a PM encontrou uma fatura de cartão de crédito furtada em seu local de trabalho. A fatura seria para utilização dos dados por estelionatários. Também foi apreendido um comprovante de depósito bancário para uma terceira pessoa que repassava à quadrilha códigos de abastecimento de um aplicativo utilizado nos postos de combustíveis de Araxá.

Diante dos fatos, os três autores foram presos e encaminhados à Polícia Federal em Uberaba.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *