Super banner
Super banner

Governo do Estado decreta Onda Roxa em Araxá e mais 26 municípios

Governo do Estado decreta Onda Roxa em Araxá e mais 26 municípios

Uma videoconferência do secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, com prefeitos e demais agentes políticos realizada neste sábado (6) informou sobre a inclusão de Araxá e mais 26 municípios que compõem a macrorregião do Triângulo Sul na Onda Roxa, a mais severa dentro da pandemia da Covid-19 na classificação dentro do programa Minas Consciente. A medida vai valer a partir deste domingo (7).

Araxá esteve representada na videoconferência pelo prefeito Robson Magela, vice-prefeito Mauro Chaves e a secretária municipal de Saúde, Diane Dutra. A medida anunciada pelo Estado tem a duração inicial de 15 dias. As cidades que estão dentro da classificação são obrigadas a seguir a determinação, mesmo as que não aderiram ao Minas Consciente.

A ação tem como finalidade conter a evolução do vírus e restabelecer de forma rápida a disponibilidade de leitos de UTI e clínicos nas regiões. Até o momento as macrorregiões Noroeste e Triângulo do Norte tinham sido incluídas no plano. Os municípios que estão na Onda Roxa devem seguir duras restrições de funcionamento das atividades econômicas e horários de funcionamento.

Nesta fase, só será permitido o funcionamento de serviços essenciais e a circulação de pessoas fica limitada aos funcionários e usuários desses estabelecimentos. O deslocamento para qualquer outra razão deve ser justificado e a fiscalização será feita com o apoio da Polícia Militar.

Conforme a decisão do Comitê Extraordinário Covid-19 do Estado, as atividades essenciais na Onda Roxa têm que seguir rigorosamente os protocolos sanitários disponíveis no plano Minas Consciente. Os serviços não essenciais poderão funcionar sem atendimento ao público, em sistema de delivery e venda on-line, respeitando o limite de horário do toque de recolher.

As pessoas que estiverem se deslocando para o trabalho, em serviços essenciais, deverão portar carteira profissional ou funcional ou contrato de trabalho ou qualquer outro documento idôneo que justifique o vínculo trabalhista. A fiscalização será feita com o apoio da Assessoria Municipal de Trânsito e Transportes (Asttran), Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, em conjunto com os municípios envolvidos.

Regras

Proibição de circulação de pessoas sem o uso de máscara de proteção, em qualquer espaço público ou de uso coletivo, ainda que privado;

Proibição de circulação de pessoas com sintomas gripais, exceto para a realização ou acompanhamento de consultas ou realização de exames médico-hospitalares;

Proibição de realização de reuniões presenciais, inclusive de pessoas da mesma família que não coabitam; além da realização de qualquer tipo de evento público ou privado que possa provocar aglomeração, ainda que respeitadas as regras de distanciamento social.

Serviços Essenciais

– Setor de alimentos (excluídos bares e restaurantes, que só podem via delivery);

– Serviços de Saúde (atendimento, indústrias, veterinárias etc.);

– Bancos;

– Transporte Público (deslocamento para atividades essenciais);

– Energia, Gás, Petróleo, Combustíveis e derivados;

– Manutenção de equipamentos e veículos;

– Construção civil;

– Indústrias (apenas da cadeia de Atividades Essenciais);

– Lavanderias;

– Serviços de TI, dados, imprensa e comunicação;

– Serviços de interesse público (água, esgoto, funerário, correios etc.)

Triângulo Sul

Os municípios que compõe a macrorregião e que entrarão na Onda Roxa são: Araxá; Água Comprida; Campo Florido; Campos Altos; Carneirinho; Comendador Gomes; Conceição das Alagoas; Conquista; Delta; Fronteira; Frutal; Ibiá; Itapagipe; Iturama; Limeira do Oeste; Pedrinópolis; Perdizes; Pirajuba; Planura; Pratinha; Sacramento; Santa Juliana; São Francisco de Sales; Tapira; Uberaba; União de Minas e Veríssimo.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
1
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x