Mosaic Fertilizantes apresenta projeto para comunidade de Araxá

Mosaic Fertilizantes apresenta projeto para comunidade de Araxá

A Mosaic Fertilizantes participou, na última semana, de Audiência Pública para apresentação de projeto de licenciamento para atualização da vida útil da Barragem de Rejeitos de sua mina em Araxá. Durante a reunião, que atende às normas de licenciamento ambiental do Estado de Minas Gerais, a empresa forneceu informações técnicas detalhadas do projeto, bem como esclareceu dúvidas da comunidade sobre o empreendimento, que elevará a estrutura em 20 metros – da cota de 960 metros para 980 metros –, em um investimento da ordem de R$ 250 milhões.

“Nosso objetivo é manter a relação transparente com a comunidade, ouvir e entender suas dúvidas para oferecer respostas claras que deem a todos segurança em relação ao nosso empreendimento”, afirma Henrique Oliveira, gerente da unidade de Araxá, que conduziu a apresentação ao lado de Luis Almeida, gerente de Geologia e Hidrogeologia, e Leonardo Muritiba Araújo, gerente de EHS (Meio Ambiente, Saúde e Segurança). “Todas as etapas do desenvolvimento do empreendimento seguem rigorosos protocolos de segurança, desde os estudos para o projeto até sua conclusão” comenta Henrique.

A Mosaic Fertilizantes atua em Araxá desde 2018, quando assumiu a operação do Complexo Mineroquímico, um empreendimento com mais de 40 anos. No local, a empresa atua na mineração e no beneficiamento de fosfato para a produção de fertilizantes.

Segurança da Barragem

A Mosaic Fertilizantes adota medidas que visam ir além do preconizado em norma, utilizando as tecnologias mais avançadas para o monitoramento de barragens e possui corpo técnico qualificado e dedicado exclusivamente à segurança das estruturas, intensificando suas ações preventivas e revisando seus procedimentos para além do requerido pela legislação. Priorizando a segurança de seus funcionários e da comunidade, cada uma das estruturas da Mosaic Fertilizantes possui um Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM) e qualquer desvio identificado é imediatamente avaliado para que as medidas apropriadas sejam tomadas.

Para mais informações sobre o licenciamento do projeto de alteamento da Barragem B6, em Araxá (MG), é possível acessar o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) no site da companhia: http://mosaicco.com.br/Article/Audi%C3%AAncia-P%C3%BAblica.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x