Super banner
Super banner

Polícia Civil pede prisão de motorista que atropelou criança

Polícia Civil pede prisão de motorista que atropelou criança

No último sábado (16), por volta das 20h, uma criança de 10 anos foi atropelada enquanto atravessava a avenida Vereador João Sena (bairro São Pedro), na faixa de pedestre. O motorista do Ford/Fiesta desrespeitou o semáforo e após o atropelamento, fugiu sem prestar socorro à vítima. A criança sofreu lesões e foi levada à Santa Casa de Araxá.

Com auxilio do sistema de videomonitoramento foi possível identificar o veículo. Apesar do comunicado de venda dentro do Sistema do Detran, os policiais conseguiram descobrir que na realidade a atual proprietária reside em Araxá e havia declarado endereço falso em Goiás para, a princípio, abatimentos tributários.

Após oitivas, os policiais descobriram que o filho da proprietária, J.F.R.N. (22 anos), comerciante, era o condutor do veículo no momento do acidente. Em consulta ao sistema consta que o suspeito já foi preso por porte ilegal de arma em abril e está em liberdade provisória.

O Delegado Renato Alcino Vieira explica que o indivíduo que na direção de um veículo automotor, trafega em alta velocidade em uma das principais e mais movimentadas avenidas da cidade, desrespeita o semáforo e atinge uma criança, que estava sobre a faixa de pedestre, prevê o resultado morte e assume o risco de produzi-lo. Para o Delegado trata-se de clara situação de dolo eventual, e a morte da criança só não aconteceu por motivos alheios à vontade do motorista.

Diante da fuga do motorista, somado ao fato que desde o crime ele se encontra em local indeterminado, o delegado pediu a prisão temporária do suspeito.

Os policiais civis Giovanni Garcia, Ilton Santos e Nelson Tuzani foram os responsáveis pelo levantamento que resultou na identificação do autor do crime.

Fonte: Ascom Polícia Civil

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x