Prefeitura dá boas-vindas aos alunos no retorno das aulas presenciais

Prefeitura dá boas-vindas aos alunos no retorno das aulas presenciais

Máscara, medição da temperatura, desinfecção de mãos e diversos cartazes educativos espalhados. Na Escola Municipal Professora Auxiliadora Paiva, o retorno das aulas presenciais contou ainda com a visita do prefeito Robson Magela, que fez questão de dar as boas-vindas aos alunos, acompanhado pelo vice-prefeito Mauro da Silveira Chaves e pela secretária municipal de Educação, Zulma Moreira. 

“Sabemos da importância do ambiente escolar e da interação entre os alunos no processo de aprendizagem e desenvolvimento dessas crianças. Claro que desta vez temos desafios acrescentados pelo contexto da pandemia, mas a Secretaria Municipal de Educação organizou com muito zelo esse retorno, visando o bem-estar e, principalmente, a segurança dos nossos estudantes”, afirma o prefeito. 

Após mais de um ano fechadas, as escolas passaram por uma série de adaptações para o retorno das atividades no modelo híbrido (presencial e remoto), obedecendo aos protocolos da Vigilância Sanitária. De acordo com Zulma, as turmas foram divididas em grupos para as aulas presenciais que acontecem de forma escalonada, com cerca de 10 alunos por sala de aula.

O lanche também foi preparado para ser servido individualmente e, nas duas primeiras semanas de julho, o horário das aulas foi reduzido, sendo no período matutino das 7h às 9h30, e no vespertino das 13h às 15h30.

Zulma reitera que acompanhou o retorno das atividades presenciais em todas as escolas municipais. “Confesso que foi muito emocionante este reencontro. Ver tudo que planejamos dando certo e todos, principalmente as crianças, seguindo os protocolos é o que nos motiva a acreditar que é possível, sim, retornarmos à nossa rotina, nos adaptando a esse novo momento”, destaca a secretária.

Mauro acrescenta que todo o trabalho dedicado possibilitou o retorno com segurança. “Os detalhes foram pensados pelas equipes da Educação e Saúde para que as escolas seguissem minuciosamente os protocolos de prevenção à Covid-19, proporcionando tranquilidade aos pais que optaram por deixar seus filhos na modalidade híbrida”, afirma.

Apesar de o retorno presencial ser facultativo, a dona de casa Tatiana Eugênia Cardoso fez questão de que os filhos participassem. Das sete crianças, três estão em idade escolar. Kamily, no 4º ano, Alleff, no 3º, e Thalia, no 2º.

De acordo com ela, os filhos ainda contaram com um treinamento especial que ela mesma fez com eles em casa. “Expliquei que eles devem usar o álcool toda vez que tocarem em alguma coisa, não ficarem muito perto dos coleguinhas e não tirarem a máscara. Eu acredito que tudo vai dar certo, sim. Acho que é muito importante essa convivência com outras crianças e a professora. Eles são espertos e estão em fase de aprendizado. A gente seguindo todas as medidas de segurança, dá tudo certo”, afirma.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
1
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x