Prefeitura de Araxá abre inscrições dos editais da Lei Calmon Barreto 2 para apresentações no ‘Neste Natal Seja Luz’

Prefeitura de Araxá abre inscrições dos editais da Lei Calmon Barreto 2 para apresentações no ‘Neste Natal Seja Luz’

A Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) abriu seleção pública para premiar projetos culturais de artistas da cidade por meio da Lei Municipal Calmon Barreto 2. As inscrições começaram nesta sexta-feira (7) e vão até às 17h do dia 31 de outubro. Nesta etapa, a lei vai destinar R$ 96.000 para serem distribuídos à classe artística. Os projetos aprovados se apresentarão nas festividades da 2ª edição do evento ‘Neste Natal Seja Luz’.

Ambos os editais estão disponíveis no site da Fundação Cultural Calmon Barreto e são voltados a todas as artes integradas – ( www.fundacaocalmonbarreto.mg.gov.br ).

O edital 003 abrange as categorias de projetos coletivos/banda/grupos, onde serão premiadas 12 propostas, que receberão o incentivo de R$ 6.000 cada. Já o edital 004 vai premiar oito propostas na categoria de projetos solo/dupla, com o valor unitário de R$ 3.000.

As propostas devem ser entregues de acordo com as orientações do edital, presencialmente, no Teatro Municipal Maximiliano Rocha (Avenida Antônio Carlos, s/n, Centro), até a data e horário limite do término das inscrições. O envelope deverá estar lacrado.

 “O artista deverá propor um projeto novo, que nunca foi apresentado nas edições anteriores da lei. Como as propostas serão destinadas para a programação de fim de ano, elas deverão ter a característica de uma apresentação voltada para uma festividade natalina”, destaca a presidente da FCCB, Cynthia Verçosa.

Cadastro de Agente Cultural

Um ponto de atenção é que, para pleitear os recursos da Lei Calmon Barreto 2, como pré-requisito é necessário que o artista tenha realizado sua inscrição no Cadastro Municipal de Cultura, também disponível no site da fundação. O credenciamento se encerra às 17h do dia 21 de outubro. Após este período, não será mais possível realizá-lo ou atualizar informações.

“É recomendável que o proponente verifique com antecedência se seus dados cadastrais estão corretos. O artista pode trabalhar com vários segmentos, porém, a proposta apresentada deve ser relacionada com a área de atuação informada no cadastro, sob a possibilidade de eliminação, caso haja divergências. Temos duas comissões que analisam as propostas: a primeira verifica a parte de documentação e cadastro e a segunda realiza a análise artística do projeto”, explica Cynthia Verçosa.

Lei Municipal Calmon Barreto

Criada em 2021 pela atual administração com o objetivo de dar suporte à classe artística de Araxá durante o período crítico de pandemia, a Lei Municipal Calmon Barreto já beneficiou 114 projetos, em suas duas edições. O investimento total no incentivo à cultura até o momento foi R$ 404.000.

Acesse os editais na íntegra:

– Premiação projetos coletivos/banda/grupos – https://bit.ly/3eaSUc3

– Premiação projetos solo/dupla – https://bit.ly/3edIU1G

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *