Prefeitura de Araxá reinaugura a Praça Padre Anacleto

Prefeitura de Araxá reinaugura a Praça Padre Anacleto

Um espaço totalmente reformado em um dos principais símbolos do bairro Santo Antônio. A Prefeitura de Araxá reinaugurou a Praça Padre Anacleto nesta terça-feira (5). O espaço foi revitalizado com o objetivo de proporcionar bem-estar, conforto e segurança, além de ser mais uma opção de lazer à comunidade. O evento contou com as presenças do prefeito Robson Magela, do pároco da Igreja do Santo Antônio, Monsenhor Levi Fidelis Marques, além de secretários municipais, vereadores e comunidade.

O local conta agora com iluminação em Led, equipamentos de ginástica ao ar livre, arborização, lixeiras, piso de pedra portuguesa, bancos e rampas de acessibilidade. A obra teve um investimento final de R$ 335.090,54, por meio de recursos próprios do Município e foi executada em 180 dias.

O prefeito Robson Magela ressalta a importância do investimento para a população do Setor Leste. “Estou muito feliz com essa reforma, é um momento histórico para o bairro, a praça ficou muito linda. Agora, crianças, adolescentes e famílias poderão frequentar o local, que oferece opções de lazer e conforto, sem contar que a iluminação de Led proporciona mais tranquilidade à noite. O Setor Leste merece”, destaca.

A aposentada Maria de Lourdes Silva mora no Santo Antônio há 30 anos e conta que a revitalização do espaço era um sonho para os moradores. “Ficou tudo muito lindo, a estrutura, o piso, os equipamentos para fazer exercícios físicos, além da iluminação de Led que traz mais segurança. Estou muito feliz”, comemora.

Prefeitura de Araxá reinaugura a Praça Padre Anacleto 1

Homenagem Especial

Devoto de Santo Antônio, amante da música, do futebol e da educação, Castorino Manoel dos Santos recebeu uma homenagem muito especial da Prefeitura de Araxá na Praça Padre Anacleto, com uma placa em alto relevo que será posteriormente substituída por um busto com o rosto do “Castor”, como era carinhosamente conhecido pela comunidade.

Castorino chegou à comunidade do bairro Santo Antônio, por meio de um movimento da Igreja de São Domingos, denominado os “Marianos”, sendo designado para trabalhar em torno da Capela Santo Antônio. Logo se envolveu nos trabalhos da Diocese e fez uma grande amizade com o então padre da Capela Santo Antônio, Anacleto Giraldi.

Desenvolveu um belo trabalho com as crianças e jovens carentes do bairro e marcou várias gerações com grupo de coral, time de futebol, escola e a própria igreja.

Castor faleceu no dia 2 de agosto de 2004, aos 72 anos, deixando muita saudade à comunidade do Santo Antônio.

O prefeito Robson Magela destaca que Castorino é um exemplo a ser seguido pelas novas gerações. “Ele é sempre lembrado com muito carinho pelas pessoas, é uma honra poder deixar a imagem dele eternizada por meio dessa escultura”, conclui.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x