Raphael defende manutenção de ONGs e entidades representativas na composição do Codema

Raphael defende manutenção de ONGs e entidades representativas na composição do Codema

O vereador Raphael Rios apresentou substitutivo ao Projeto de Lei 076/2017 com o intuito de manter Organizações Não-Governamentais (ONGs) e entidades representativas no Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema).

A proposta original do Poder Executivo retiram quatro representações do modelo atual do Codema, como duas ONGs ambientais, o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea-MG) e profissional de notório saber, exclusões estas que são contestadas por essas representações que procuraram o vereador Raphael Rios, e também encaminharam uma carta a todos os vereadores reivindicando suas participações efetivas nas decisões do conselho.

“O grande desafio a ser enfrentado pela gestão ambiental local está o de garantir a participação da comunidade na formulação e implementação de políticas públicas. Essa ampla participação da população no debate e formulação das políticas ambientais locais é fundamental para a legitimidade e alcance dos objetivos da defesa e conservação do meio ambiente, para que uma cidade se desenvolva com sustentabilidade”, justificou Raphael.

“Diante do exposto, a nossa proposição, ao ampliar o número de conselheiros garante que as decisões tomadas resultem o debate dos mais variados segmentos sociais, oportunizando uma composição tripartite: poder público, setor produtivo (empresarial e sindical) e entidades sociais e ambientalistas”, reforçou.

Raphael Rios também apresentou requerimento, aprovado pelo plenário, para que a nova composição do Codema seja debatida em Fórum Comunitário entre todas as partes envolvidas.

1ª Semana da Amamentação

O vereador também destacou intensa programação para a 1ª Semana Municipal da Amamentação e Incentivo ao Parto Normal e Humanizado, legislação esta que é de sua autoria.

Prefeitura de Araxá e Fundação de Assistência à Mulher Araxaense (Fama) iniciaram as atividades no dia 31 de julho, e que acontecem até o dia 4 de agosto. São palestras com diversos profissionais da saúde, passeata e sala de espera com abordagens sobre a semana.

“Este projeto vem como mais um aliado à informação para as famílias, especialmente para as mães, de todos os benefícios do parto normal e humanizado. Durante a Semana da Amamentação, profissionais ligados à área estão desenvolvendo diversas ações para conscientização dos riscos da cesárea, especialmente nos casos em que o parto normal é a melhor opção pra mãe e pra criança”, disse.

Demais ações

– Indicação à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos para construção de calçadas e cercamento da matinha do bairro João Bosco Teixeira. Local atualmente encontra-se com mato alto e vários pontos de lixo espalhado e providências são reivindicadas por moradores.

– Moção de Congratulações e Reconhecimento à araxaense Roberta Costa Carneiro Abdanur, que tem apenas 24 anos, oito deles morando fora do Brasil para desenvolver trabalhos humanitários atualmente ela reside na Itália, onde coordena trablahos voluntários por meio de uma ONG para facilitar a integração de refugiados que buscam asilo naquele país. Nepal, Tibet e Índia são alguns dos países nos quais ela desenvolveu várias ações em prol de mulheres, crianças e idosos carentes.

Raphael defende manutenção de ONGs e entidades representativas na composição do Codema 5

– Moção de Congratulações e Reconhecimento à União das Mulheres Cristãs de Araxá (Unimca), pela realização da Conferência “Mulheres que Mudam o Mundo 2017”, ocorrido no último sábado (29), na Pousada Dona Beja.

Raphael defende manutenção de ONGs e entidades representativas na composição do Codema 6

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
1
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x