Raphael Rios cobra providências para evitar o surgimento de favelas em Araxá

Raphael Rios cobra providências para evitar o surgimento de favelas em Araxá

O vereador Raphael Rios abordou na tribuna, nesta terça (17), sobre as invasões de áreas públicas que estão acontecendo em Araxá nos últimos anos e causando sérias consequências ambientais e urbanísticas, uma realidade muito comum de grandes cidades que vem ganhando proporções em municípios do interior.

Além da devastação de áreas de preservação, Raphael também comentou sobre os transtornos causados por um crescimento populacional desordenado, comprometendo questões de saúde pública, desigualdade social, falta de acesso à educação, saneamento, infraestrutura, segurança e outros indicadores.

“É uma situação que não é boa para ninguém. São espaços sem saneamento básico, água tratada e energia elétrica. Quem invade passa a dormir embaixo de um teto, mas sem dignidade, legalidade e segurança. O ideal é bom planejamento urbanístico para evitar invasões e a cidade ter um crescimento ordenado. Da forma que está se desenhando, todos saem perdendo”, diz o vereador.

Ele atribui a falta de revisão do Plano Diretor e do melhor uso de recursos e políticas públicas que poderiam impedir invasões. E alerta que as proporções que elas estão acontecendo, Araxá está a um passo de ter favelas, o que agravaria ainda mais a situação.

O vereador acrescentou que é necessária uma ação conjunta envolvendo a Prefeitura, Câmara, IPDSA, Codema, Ministério Público e Justiça para evitar o surgimento de favelas. Os principais agravantes estão presentes principalmente em bairros periféricos, como o Bom Jesus, São Francisco e região do Boa Vista.

De 2010 para cá, o orçamento do município aumentou R$ 343 milhões, de R$ 117 milhões para os atuais R$ 460 milhões, ou seja, recursos suficientes para se trabalhar esse aumento populacional de forma ordenada. Nesse tempo, Araxá teve crescimento de 12 mil pessoas, segundo estimativa do IBGE, que indica Araxá com 106 mil habitantes atualmente.

Raphael apresentou indicação ao IPDSA cobrando providências para resolver e conter o avanço de áreas invadidas.

Raphael Rios cobra providências para evitar o surgimento de favelas em Araxá 1

Indicações

– Revitalização da Praça Fausto Barbosa, em frente à Escola Estadual Armando Santos.

– Informações sobre a construção da rotatória da Unicentro (Secretaria de Obras Públicas e Mobilidade Urbana).

– Sinalização de solo na confluência entre as ruas Santo Antônio e Dorvalina Pereira de Melo, acesso ao bairro Mangabeiras.

– Repintura de faixa de pedestre na rotatória do Posto Deck.

– Cobertura no ponto de ônibus próximo à Secretaria de Ação e Promoção Social, na avenida Washington Barcelos.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *