Raphael Rios propõe obrigatoriedade de energia fotovoltaica em novos prédios municipais

Raphael Rios propõe obrigatoriedade de energia fotovoltaica em novos prédios municipais

Energia limpa e economia para os cofres públicos, duas combinações que aliadas geram resultados positivos quando o assunto é meio ambiente e eficiência dos serviços públicos prestados à comunidade. Em busca dessas alternativas sustentáveis, o vereador Raphael Rios propôs o Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre a obrigatoriedade da Administração Municipal utilizar energia fotovoltaica em suas novas edificações públicas, durante o uso da tribuna na tarde desta terça-feira (13).

Raphael Rios deu exemplo da Câmara Municipal que aderiu a energia fotovoltaica e praticamente zerou a conta de luz. O custo mensal com energia no prédio era de R$ 5 mil e o investimento para instalar o sistema se paga em menos de três anos. 

Raphael Rios propõe obrigatoriedade de energia fotovoltaica em novos prédios municipais 1

O projeto visa garantir autossuficiência energética destes prédios. A médio e longo prazo trará economia aos cofres públicos e benefícios ao meio ambiente. 

Na hipótese de aluguel de imóveis para funcionamento de órgãos públicos, os imóveis equipados com painéis solares para produção de energia fotovoltaica terão preferência.

Considerando o prazo para adequações, a medida entrará em vigor a partir de janeiro de 2024. O projeto de lei segue para tramitação na Câmara Municipal.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *